Pesquise em mais de 1800 postagens!

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Igreja em Atos dos Apóstolos: Jerusalém X Filipos

Uma análise das finanças na igreja em Jerusalém e em Filipos.

Uma amada irmã do Pará me contatou para trocar ideias a respeito de chamado missionário e o curso técnico que ela fazia.

Isto é muito comum aqui no Blog Missões e Adoração. Diversas postagens tratam desse assunto: Devo ir para a Faculdade? Devo continuar na Faculdade ou Universidade? Devo atender ao chamado missionário? Devo ir para Missões? Faze um curso missionário?

Meu querido irmão e irmã! Se esta é a tua dúvida, faça uma leitura mais apurada no nosso blog. Leia os relatos, leia as respostas que dou. Nem sempre é a mesma. Às vezes falo: "largue tudo e vá fazer/estudar Missões". Mas, na maioria das vezes respondo: "Estude! Forme-se! Trabalhe! Faça Missões na própria Faculdade!" Claro que minha resposta não é a Palavra de Deus! Óbvio! Mas, oro para que a pessoa tenha paz em suas decisões.

Uma coisa que me deixa triste é a ausência de retorno às minhas respostas. Algumas não retornam. Será que escrevi baboseiras? Será que foi uma boa resposta? Só na glória saberei. Contudo vários respondem dizendo que foi uma resposta abençoada. Que bom alegrar meu Rei através desse trabalho! Não faço isso para ser salvo. Faço isso por ser salvo! Glórias ao Eterno!

Mas, voltando ao assunto, o que a colocação da irmã T. do Pará tem a ver com a análise das finanças entre as igrejas de Jerusalém e Filipos?

A irmã do Pará me escreveu:
Boa tarde, me chamo T., tenho 21 anos. Paz. Tudo bem?
Bem, eu queria escrever um monte de coisas (risos), mas procurarei ser mais objetiva sem rodear muito.
Atualmente moro em R. no Estado do Pará. Eu nasci aqui, porém só tem 3 anos que cá estou, eu vim para cursar ensino superior. Estou no 6º período de Contabilidade, trabalho num escritório que atua na mesma área.
Porém, desde sempre, me sinto "infeliz' com essas rotinas e não penso em futuro profissional. Não consigo planejar nada em relação a isso.
Estou pensando (e no momento meu coração arde por isso), em voltar para a cidade onde eu morava e ficar um pouco com meus pais. Minha mamãe está sofrendo bastante devido o falecimento da minha avó e recentemente descobriu que está com câncer. Meu papai é alcoólatra e os dois vivem sozinhos (não tenho irmãos).
Eles sonham em ter uma filha "formada", mas meu sonho não se resume a isso. Eu não tenho prazer algum na faculdade e no trabalho.
Eu desejo oferecer aos meus pais o que é eterno e não aquilo que vem e logo passa.
Nesse momento, a um passo de uma decisão importantíssima, me sinto confiante, mas há em mim aquele receio de: vai deixar mesmo "tudo isso?" Eu não tenho medo, mas as pessoas que estão ao meu redor certamente não me apoiarão e tentarão me convencer do oposto.
O que eu me vejo fazendo é amando as pessoas e lhes apresentando o amor de Cristo. Quero me aprofundar em Libras para futuramente trabalhar com pessoas surdas.
Não sonho com o conforto de uma casa grande e um carro na garagem. Penso em um dia sim, me casar, mas junto com o meu marido, fazermos o que amamos: Mostrar o amor do PAI.
No momento é isso.
Desde já fico grata.
Desculpem se ficou meio desconstruído, mas acredito que consegui resumir o que queria.
Cordialmente, T.
Um abraço.
29 de Setembro de 2016.
Lindo, não é. Tanto o texto que é bem redigido! Que bom! o "problema" dela também é lindo! Os problemas nos aperfeiçoam.

Me lembrei de uma leitura de Don Richardson (livro O Fator Melquisedeque) onde ele corrigiu a imagem de perfeição que temos da igreja em Jerusalém narrada em Atos dos Apóstolos, capítulos iniciais. Respondi para T. do Pará:
Olá T.
Graça e paz
Obrigado pelo seu contato.
Puxa! Que coisa hein!
Claro que os outros não te apoiarão. Numa visão carnal, decidir-se a parar com os estudos e voltar para casa é loucura.
Numa visão espiritual as coisas seriam diferentes? Seria diferente mesmo a resposta?
Hummmm. Não!
Tenho base bíblica para te dizer que não é diferente.
Bem, como assim?
Os crentes da igreja de Jerusalém não venderam tudo e ficaram só adorando e glorificando ao Rei dos Reis e compartilhando deste amor ao povo?
Sim, fizeram mesmo. Mas, foi o certo?
Não foi. Eles erraram. Pensaram que Cristo voltaria logo. Então, para que se preocupar?
Cristo nunca disse que retornaria rapidamente. Os apóstolos erraram. Era para eles se espalharem, mas ficaram no ninho. Jerusalém.
Erraram!
Deus os espantou do Ninho permitindo o martírio de Estevão. Então se espalharam.
Quem afirma isto é Don Richardson, no livro Fator Melquisedeque. Ele foi missionário entre povos canibais nos anos 60 e 70.
Que ajuda você dará a sua mãe estando desempregada? Que ajuda? Pouca, com certeza.
Se se tornar missionária nestas condições, como vai se sustentar? Vai depender da ajuda dos outros como a Igreja de Jerusalém?
Não.
Seja uma contabilista. Ganhe seu dinheiro, não para ter uma casa grande com carro na garagem. Mas sim, para ajudar os outros, se sustentar, ser sua própria gerente ou chefe. Impulsionar sua missão com o dinheiro que você mesma ganha.
Como a igreja de Filipos fez! Mercadores, funcionários públicos, uma igreja empreendedora! Cristãos envolvidos com negócios! Tanto negócios deste mundo quanto negócios do Reino! Sustentaram Paulo! Ajudaram Paulo demais! Inclusive sustentou os pobres da igreja de Jerusalém.
Ânimo! Aprume-se! Falta apenas um ano, dois semestres!
Quem foi que disse que você não pode fazer missões na faculdade?
Quem está te segurando? Faça missão na sua sala, no sei corredor, na sua rua, etc.
Mantenha contato.
Gilson de Moura
Blog Missões e Adoração

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.