Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Cabeleireiros e Marmiteiros

Ou Ação Social da igreja carente para abençoar pessoas carentes.

Recebi um contato abençoado de um casal de São Paulo, capital. A J. e o S.. Querem fazer marmitas para abençoar a população local. Mas, como conseguir os alimentos? Trabalhando como cabelereira, rocando cortes por alimentos.

Dá certo?
Leia o que eles escreveram

Boa noite!! Faço parte de uma igreja pequena ministerio proprio meus Pastores sao otimos uma bençao na vida da minha familia.. A pouco tempo a obra missionaria tem dispertado interesse na minha e na vida do.meu esposo.. eu ja expus para meus pastores esse desejo mais sinto que os crentes hj estao bloquiados nessa parte de ajudar os necessitados!! Por isso me matriculei em um curso de cabelereira rs oq isso tem haver!? Vou cortar cabelo na comunidade e o pagamento vai ser um 1 kl de alimento e assim vou montar cestas e vamos levar marmitas!! Meu esposo me apoia muito e quer fazer a obra dessa maneira tabm!! Oq eapero por essa mensagem é como fazer esse trabalho debaixo da autoridade dos meus pastores? Ou isso é mais individual deve esclarecer tudo ou essas obras podemos fazer como sentimos no coraçao? Dicas para ajudar esse projeto? Obrigadda paz do senhor
Minha resposta foi muito realista, com os pés no chão, ou melhor, com os joelhos no chão.

Olá J., graça e paz.

Que lindo o seu projeto. Será que é seu projeto ou é de Deus? Boa pergunta. Você sabe a resposta?
Pela minha experiência sei que um projeto é de Deus quando há lutas para implementá-lo. Há lutas e esforço humano, além é claro, de sucesso. Há também aberturas de portas maravilhosas, independente dos esforços. Surpresas agradáveis. Muito suor e dedicação.
O diabo não gosta disso. Haverá problemas. Mas haverá vitórias. Glórias a Deus.

Sabe J., faça o projeto. Não há necessidade de apoio da igreja local. Junte seus amigos cristãos independentes de igreja ou ministérios e manda brasa. Alguns pastores são especialistas em matar sonhos. Comece. Avance. Seu pastor verá os primeiros frutos e te abençoará. Você tem o apoio da pessoa principal, seu marido. Família unida no propósito. Bênção. Explique ao seu pastor e manda brasa!

Vejo algumas dificuldades técnicas. Os produtos de cabeleireiro são caros. Demanda muito tempo. Você tem este capital e este tempo? Se for somente corte, sai mais barato, é claro, mas, atrairá muito menos clientes. Você corre o risco de fazer poucas marmitas. Já pensou que marmitas não são feitas somente de feijão e arroz? Como ficam as carnes e verduras? Cestas básicas são mais viáveis. Ações semanais. As marmitas são mais difíceis. Ações mensais. Sozinha com seu marido não vai dar certo. Você precisará de mais gente.

Outra coisa, existe toda uma questão de segurança em distribuir cestas e marmitas. Segurança física para vocês e segurança alimentar para seus beneficiados. Já imaginou uma contaminação alimentar? Você deve estabelecer quais tipos de alimentos trocar. Deixar isto bem claro! Tipo, esta semana ou este dia é arroz, a outra é feijão, a outra é macarrão, etc. Se organizando para ter todos os alimentos.

Uma ideia seria você cobrar em reais mesmo! R$. Baratinho. Então, com o dinheiro, você vai até um cerealista ou atacadão e compra os produtos. Acho que dá mais certo. Envolveria menos pessoas.

Além disso, no seu bairro tem muitas cabeleireiras? Como fica o fiscal da prefeitura ao pedir para você pagar o ISSQN?

Enfim, tem que ser por tentativa e erro. Acertos e erros até tudo se ajeitar. O importante é não esmorecer. Não desistir. Estas dificuldades que levantei são para fazer você pensar e refletir. Criar estratégias! Não para te desanimar. Tenho base bíblica:“Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la? Pois, se lançar o alicerce e não for capaz de terminá-la, todos os que a virem rirão dele, dizendo: ‘Este homem começou a construir e não foi capaz de terminar’.” Lucas 14:28-30

Ore mesmo! Ore sem cessar. Peça direção a Deus.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.