Pesquise em mais de 1800 postagens!

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Povo Árabe, Marroquinos do Marrocos


Em 670 dC, houve a primeira conquista islâmica da planície costeira norte-Africana, pelos ømíadas de Damasco. Estes homens foram para o que é hoje Marrocos, que eles chamavam de "Maghreb al-Aqsa" ou "Far West". Árabes e berberes teriam partilhado esta região desde que, e em um ponto governou a maior parte do noroeste da África. Avanços escolares foram feitos na ciência, matemática, astronomia, geografia e medicina.

Obstáculos ao Ministério
O acesso para Marrocos é limitado, e praticamente inexistentes para os missionários cristãos.

Ideias ao Ministério
Empresários cristãos podem desenvolver oportunidades para representar Cristo aos povos árabes, conduzindo de seus negócios de forma exemplar.

Ore Pelos Seguidores de Cristo
Ore pelos crentes entre os marroquinos árabes; que eles vivam uma vida digna do Senhor e agradem-No em todos os sentidos, produzindo frutos em toda boa obra. Ore por mestres e materiais que os ajudem a crescer na fé.

Ore Por todo grupo de Pessoas
Ore para que o Senhor venha, cada vez mais, abrir os olhos dessas pessoas, para que compreendam a misericórdia e a graça oferecidas por meio da obra consumada de Cristo, o verdadeiro caminho da salvação.

Foco Escritura
"para que todos os povos da terra saibam que o SENHOR é Deus e que não há outro." 1 Reis 8.60


Grupo Étnico: Arab, Moroccan
País: Marrocos
Janela 10/40: Sim
População Nacional: 13,622,000
População Mundial: 16,162,000
Idioma: Arabic, Moroccan Spoken
Religião Principal: Islã
Bíblia: Novo Testamento
Áudio NT - Internet: Não
Flime Jesus: Sim
Áudio gravação: Sim
Cristãos: Poucos, menos de 2%
Situação: Não-Alcançados
Escala de Progresso:
1.1




Informações fornecidas pelo email diário do Projeto Josué.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.