Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Sebe, a proteção de Deus


Você sabe o que é uma sebe?
Sebe é uma cerca, um muro feito de vegetação. A imagem ao lado mostra uma sebe. Linda, não é?

Imagine o tempo que leva para que cresça e fique tão bela assim. Além disso, deve dar um trabalho cuidar e manter alinhada.

A Bíblia nos relata diversas passagens com a palavra sebe ou cerca (como substantivo, e não como verbo cercar, ou advérbio 'cerca de').
Ela nos mostra uma maravilhosa realidade, a proteção e segurança que temos em Cristo.

Veja esta constatação do nosso inimigo!
Jó 1:10 Acaso, não o cercaste com sebe, a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste, e os seus bens se multiplicaram na terra.
É satanás 'desabafando', reclamando do cuidado que Deus dispensou a Jó.

Encontramos vários outros versículos que nos mostram a verdade do cuidado de Deus para conosco! Vamos ver alguns?

  • Provérbios 15:19 O caminho do preguiçoso é como que cercado de espinhos, mas a vereda dos retos é plana.
  • 2° Crônicas 16:9 Porque, quanto ao SENHOR, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele; nisto procedeste loucamente; por isso, desde agora, haverá guerras contra ti.
  • Salmo 34:7 O anjo do SENHOR acampa-se ao redor dos que o temem e os livra.
  • Salmo 91:4 Cobrir-te-á com as suas penas, e, sob suas asas, estarás seguro; a sua verdade é pavês e escudo.
  • Salmo 125:2 Como em redor de Jerusalém estão os montes, assim o SENHOR, em derredor do seu povo, desde agora e para sempre.
  • Zacarias 2:5 Pois eu lhe serei, diz o SENHOR, um muro de fogo em redor e eu mesmo serei, no meio dela, a sua glória.
Mas também encontramos versículos que mostram a retirada da sebe de segurança por Deus.
  • Oséias 2:6 Portanto, vou pôr ao redor dela uma cerca de espinhos e vou construir um muro na estrada, para que ela não encontre o caminho.
  • Isaías 5:5 Agora, pois, vos farei saber o que pretendo fazer à minha vinha: tirarei a sua sebe, para que a vinha sirva de pasto; derribarei o seu muro, para que seja pisada;
Estes versículos nos dão princípios para a vida:

1) A proteção e segurança do Senhor para com os seres humanos é uma realidade!

2) Com a sebe, o caminho da pessoa é alterado pela presença de Deus e as amarguras e problemas no caminho são:
  • removidas
  • diminuídas
  • alteradas
  • suportadas
  • etc.
3) Existem alguns pré-requisitos para eu receber a sebe do Senhor:
  • ser reto
  • ter coração perfeito
  • temer a Deus
  • etc.
4) Mesmo com todos os meus pecados, e apesar deles, o sangue de Jesus me purifica deles. Não sou justo, mas sou justificado. Portanto, estou incluído nestas promessas se estiver andando no Espírito.

5) Andar no Espírito é o referencial do Novo Testamento para os termos 'reto', 'justo', 'temente a Deus' do Velho Testamento.
5A) Por mais que me esforce, não consigo atingir os padrões do Velho Testamento para ser considerado 'reto', 'justo's e 'temente a Deus'. Não sou salvo por meus méritos ou meus esforços.
5B) Mas é através dos meus esforços  que vou adquirir bens e posses. A cerca que Deus me proporciona não é dar bens, mas sim, me fortalecer, me dar capacidade de enfrentamento.
5C) O dízimo é uma das partes fundamentais de harmonia entre a sebe de Deus e meus esforços, a entrega dos dízimos repreende o devorador. Deus nos deu esta segurança: se devolvermos o dízimo, Ele repreende o devorador!
5D) As ofertas também são referenciais de harmonia entre esforço humano e proteção divina. Aquilo que eu semear, Deus me fará colher! 

6) Se não andar no Espírito, Deus pode tirar a sebe de meu redor para me corrigir. A correção dói, confronta, é desagradável, me tira da zona de conforto.
6A) Mesmo na desobediência, mesmo com a cerca retirada e em processo de correção, Deus não permitirá a minha destruição, a minha perdição eterna. Deus me ama tanto que me corrigirá de todas as formas, mesmo que para isso, me recolha antes do tempo, e eu, na eternidade, passado pelo fogo, só restar palha e não possa glorificá-lo com mais coroas
6B) Mesmo com a graça de Deus e a Sua longaminidade, é nossa obrigação andar no Espírito. É obrigação do cristão andar em santidade. Não só obrigação, é também consequência natural da graça de Deus em minha vida.

7) Até mesmo o fato de andar no Espírito não nos isenta das adversidades a que este mundo está condenado. Os problemas modernos podem nos atingir independente de andarmos ou não no Espírito.
7A) A diferença está em como encaramos tais dificuldades. Ao andar no Espírito, todas as adversidades, sem exceção,  servem para crescermos na intimidade com o Senhor. A intimidade vem com o amor.
7B) Não andar no Espírito fará com que as adversidades sejam encaradas com mais dor e mais desesperança. Aumentando o grau da tribulação. A intimidade vem com a dor.

8) A sebe que Deus me proporciona tem que ser encarada como graça, ou seja, um favor imerecido. Eu não mereço! Se a tenho, dou glória a Deus! Se não a tenho, algo está errado em minha vida.

9) Nossos irmãos em Cristo da Igreja Perseguida (Coreia do Norte, Somália, Arábia Saudita, etc), também gozam da sebe de Deus mesmo com a realidade do martírio. Em meio a dor, sofrimento, perda e violação, de modo majestoso, Deus os cerca com sua proteção e consolo.
9A) Logo, não posso reclamar de nada! Se meus irmãos sofrem tanto, mas, mesmo assim, louvam  a Deus e gozam da sebe protetora de Deus, quem sou eu, que vivo na bonança social e econômica, para reclamar ou murmurar de algo?
9B) Não sou melhor que eles por gozar da prosperidade bíblica. Eles não são piores que eu por sofrerem. Na verdade, receberão mais coroas que eu.
9C) A prosperidade bíblica é entendida como ter  para dar. Não é ter para reter, ou, ter para manter, ter para guardar. Não é nada disso. É ter (saúde, alegria, paz, dinheiro, bens, posses, etc) para dar (saúde, alegria, paz, dinheiro, bens, posses, etc).

Reflexão:
Devo rever minha vida, fazer uma auto análise:

1) Estou andando no Espírito?
Se eu oro. Se leio, medito e pratico a Palavra. Se tenho o fruto do Espírito. Se tenho pecado predileto. Se só busco a Deus nestes momentos de dor e O esqueço na alegria.

2) Quais são as minhas dificuldades hoje?
Vou enumerar. Fazer um apontamento.

3) Qual é a origem delas?
Se elas são consequências de pecados. Se é uma colheita maldita. Se é para aperfeiçoamento ou se é para correção.

4) Como eu as encaro?
Com desesperança, com passividade (só espero em Deus sem fazer nada), com ativismo (se eu não espero em Deus e vou metendo os pés pelas mãos), com falta de fé, se quero largar tudo.

5) Estou com espírito de auto comiseração?
Auto comiseração é o sentimento que me faz sentir pena de mim mesmo, o famoso "tadinho de mim", "ninguém tem uma dor como a minha dor". Isto é pecado!

6) Estou buscando a Deus apenas para resolver este problema temporário ou para resolver meu problema eterno?

7) Quais são as minha bençãos?
Se eu não conseguir contar mais bençãos que problemas é porque estou cegado pelo diabo. Lembra da música?
"Conta as bençãos,
dize quantas são.
Recebidas da divina mão.
Vem dizê-las,
todas de uma vez.
E verás surpreso
o quanto Deus já fez."

8) Como os meus irmãos em Cristo estão vivendo com suas adversidades?
Esqueci o que Paulo fala em 2ª aos Coríntios que para receber consolo eu tenho que consolar?

9) Será que não tenho que parar esta auto análise e buscar ajuda agora mesmo?




Conclusão:
As plantas da sebe demoram para crescer e dão o maior trabalho. O cuidado deve ser constante. Deus faz isso conosco.
Você conhece a história dos Goforth que foram missionários na China nos séculos 19 e 20? Perderam muitos filhos, sofreram muito. Mas, a senhora Goforth, a Rosalind, sempre afirmou: Deus responde todas as minha orações. Quer ler esta história?

8 comentários:

  1. gostei muito pois é de.fácil entendimento e nos faz refletir dentro da palavra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta mensagem me acompanha. A tenho na memória. Fez, e ainda faz, muito bem para mim. Compartilhe do seu modo!

      Excluir
  2. Nossa! Excelente!Não sabia que auto comiseracao era pecado...tenho esse defeito horrível! Procurarei não te-lo mais... muito obrigada...

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito desta mensagem a proteção de Deus sobre nossas vidas e o cuidado de Deus com minha família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Deus toda glória. Esta mensagem está sempre diante de mim. Te encorajo a compartilhar

      Excluir
  4. Tudo que eu precisava saber o significado

    ResponderExcluir
  5. Toda glória seja a Deus exlente palavra

    ResponderExcluir

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.