Pesquise em mais de 1800 postagens!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Junte-se à conversa sobre Mordomia de Recursos

Os últimos cinquenta anos presenciaram sucessos incríveis da igreja mundial. Temos visto o crescimento do movimento da igreja nos lares na China e o evangelho se espalhar na África. Deus têm mexido no corpo de Cristo de forma que as denominações têm trabalhado em unidade para o bem do Evangelho.

Mas esses sucessos do reino foram conquistados apesar dos cristãos contribuirem com apenas 2% de sua renda. Temos uma oportunidade sem precedentes de construir sobre o sucesso desses cinquenta anos. Imaginem se aumentássemos nossa contribuição para 3% ou 4%. Imaginem o que aconteceria se usássemos essa contribuição mais efetivamente no Reino de Deus. A contribuição inspirada pelo Espírito Santo tem o potencial de transformar missões.

Mas também sabemos que a prioridade de Deus somos nós e não nosso dinheiro. Deus nos deu tudo, não poupou nem o Seu Filho. Quando nos entregamos a Ele, nos tornamos dEle. Ajustamos nossas prioridades e cuidamos dos recursos dEle para os propósitos dEle. Essa revelação deveria significar alocar mais do que 2% para a Sua obra.

Quando respondemos à generosidade abundante de Deus e apoiamos livremente causas do reino, Ele abençoa duas partes do Seu corpo: o gerador de fundos e o trabalhador no campo. E na parceria descobrimos o propósito que Deus planejou para nós.

Nessa conversa sobre Mordomia de Recursos, olharemos para o coração da mordomia e para oportunidade de parceiras com alguns trabalhos missionários empolgantes surgidos de um dos povos com menos recursos sobre o planeta. Também falaremos sobre quais novas oportunidades como a web interativa podem unir doadores, receptores, igrejas e organizações globais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.