Pesquise em mais de 1800 postagens!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Ferro e Fogo Divino - Oswald J. Smith

Oswald Jeffrey Smith
(1889-1986)
"O mundo ainda está por ver", disse D. L. Moody, "o que Deus pode fazer através de um homem totalmente rendido a ele”. Moody era ungido, mas o segredo do seu poder era sua vida rendida a Deus – em outras palavras, seu contato diário com Deus, quando ele recebia uma nova unção para cada nova obra.

Por exemplo, imagine aqui o fogo e ali um pedaço de ferro. Agora, se eu quiser esquentar o ferro, terei de colocá-lo perto do fogo. E se resolver fazê-lo passar por uma experiência inusitada, diferente de tudo que já teve anteriormente, é só lançá-lo rapidamente no fogo, e ficará em brasa.

Mas isso não satisfará sua necessidade de calor para sempre. Ele não poderá dizer: "Agora, finalmente tive uma experiência incrível, sentimentos maravilhosos; estou quente e assim permanecerei para sempre. Daqui para frente, tudo o que entrar em contato comigo também ficará quente". Nem poderá sair deliberadamente do fogo, acreditando ser autossuficiente, e partir em missão, tomando como certo que toda impureza foi eliminada e que pode agora transmitir seu calor onde quer que vá. Ah, não! Ele logo descobrirá que esfriou novamente e que não tem capacidade alguma de gerar ou transmitir calor.

O que ele deve fazer então? Deve permanecer perto do fogo, pois somente assim poderá receber seu calor. E somente depois disso é que poderá transmitir calor.

Assim é com você, meu amigo. Você pode ter uma grande experiência. Pode receber do fogo divino. Pode ter visões e revelações maravilhosas. Mas a menos que esteja em contato diário com o fogo da presença de Deus, logo estará frio e impotente. Se quiser que a unção permaneça, terá que manter diariamente comunhão e relacionamento com a Fonte da unção. A bênção só pode ser mantida através de constante contato com a Pessoa que abençoa. Não existe um caminho fácil. Eu não conheço nenhuma experiência que dure a vida toda. É preciso pagar um preço. E o preço neste caso é contato diário com Deus. Poucos querem pagá-lo. A maioria busca bênçãos e manifestações. Podem até agonizar e orar. Buscam visões e revelações. Mas aquela espera diária em Deus, que nos firma e estabelece, eles não querem.

Meu amigo, você tem um lugar para encontrar-se com Deus? Você tem tempo? Ou está muito ocupado? Tem observado a Vigília da Manhã, a Hora Silenciosa? Jesus Cristo é real para você? Você o conhece de verdade? Você já teve um encontro com ele, claro que sim. Encontrou-o quando se converteu. Mas, você realmente o conhece? Já se tornou amigo dele? Você o visita regularmente? O que ele significa para você? Eu já tive encontros com muitas pessoas, mas posso dizer que conheço poucas. É preciso viver com alguém para conhecê-lo. Leva tempo para tornar-se amigo. Você separa tempo? Você precisa tirar tempo para andar com Deus.

Você sabia que Deus tem fome por comunhão com seus amigos? Ah, sim! E ele quer encontrar-se com você todos os dias. E se você quiser receber o calor do fogo divino, terá de relacionar-se com ele constantemente, ou, do contrário, esfriará. Para isso, você precisa andar com Deus.
Fonte: Arauto Ano 28 nº 1 - Janeiro/Fevereiro 2010
Fonte da imagem: The Peoples Church

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.