Pesquise em mais de 1800 postagens!

sábado, 14 de agosto de 2010

Albânia - DIA 14 - Calendário de Oração

População: 3,600,523
Líder político: Presidente Bamir Topi
Religiões: 41.5% cristãos, 38.8% islamismo, 19.7% outras
Posição no rank de perseguição: não calculado
Número de grupos terroristas: 1
Ações de terrorismo: 51; Casualidades: 6
Percentual de corrupção: 74%
Percentual da população que vive na miséria: 25%

Fonte: win1040.org

História:

ALBÂNIA – País da Europa Mediterrânea, banhado pelo Mar Adriático, cujo nome apresenta a raiz celta alp, que significa “alto”. Os próprios albaneses se referem a si mesmos como skipetars, ou “moradores de terras altas”.
A ocupação de seu território data do período Paleolítico, provavelmente há cerca de 10000 a.C. Entretanto, há registros de presença de indo-europeus na Ilíria - região onde hoje está a Albânia - por volta de 1000 a.C. Ali, mantiveram contatos com seus vizinhos macedônios e gregos, sem, entretanto perderem sua identidade. A partir do Século II a.C., os principados foram caindo sob o domínio de Roma, até que no ano de 27 a.C. toda a Ilíria virou província romana. De lá, inclusive, saíram três imperadores (Aureliano, Diocleciano e Constantino).
Com a fragmentação do Império Romano, a província vinculou-se ao lado bizantino das vastas regiões ocupadas. A Ilíria foi invadida por bárbaros sucessivamente, dos Séculos II ao V. A partir do Século VI, os eslavos assumiram o controle da região e transformaram a etnia da população. Todavia, a Albânia conseguiu manter a pureza de sua língua, originada do tronco indo-europeu.
As terras altas albanesas ficaram sob domínio bizantino até o Século IX, quando foram conquistados pelo eslavos búlgaros. Em 1018, os bizantinos reconquistaram o país e a partir dali, eles sofreram diversas invasões normandas. Em 1082, o nome Albânia aparece pela primeira vez, em carta escrita por Ana Comnena ao seu pai, o imperador Aleixo I Comneno.
Do Século XI ao XVI o país teve períodos instáveis, até que finalmente foi invadida por turcos maometanos, que dominaram o país por mais de quatrocentos anos. Eles impuseram o islã como religião oficial, recrutaram jovens albaneses para o exército do sultão entre outras medidas arbitrárias.
O Século XIX veria inúmeras tentativas dos albaneses para se libertarem do jugo turco. Eles, inclusive, perderam faixas de seu território para a vizinha Montenegro (pelo Congresso de Berlim, em 1877-1878).
Com as guerras balcânicas de 1912, a Turquia foi perdendo espaços na região até que em 28 de novembro de 1912, a Albânia proclamou a sua independência, reconhecida pelo Congresso de Londres, no ano seguinte. Entretanto, a cidade de Kossovo, que tinha 800 mil albaneses, ficou sob o domínio da Sérvia.
A Primeira Guerra Mundial trouxe nova ocupação do país albanês, que só recuperou sua independência em 1918. A partir de 1920, sob o reinado de Suleiman Delvina, os países invasores finalmente reconheceram a independência da Albânia e se retiraram do país.
O novo país passou por sucessivas instabilidades, incluindo vários golpes de estado. Em 1939, Mussolini invadiu o país e anexou-o à Itália, sob a coroa de Vitor Emanuel III.
Somente em 1944, com o fim da II Grande Guerra se aproximando, os albaneses recuperaram o controle sobre o seu país, a partir da Frente Nacional Libertadora, comandada pelo comunista Enver Hoxha e da Frente Nacional anti-fascista chefiada por Midhat Frasheri. No mesmo 1944, Hoxha e o Partido Comunista albanês são reconhecidos como os novos líderes da Albânia, que, em 1946, virou República Popular, inicialmente alinhada com Moscou. A partir de 1961, após o rompimento com Khruchtchev, a Albânia passaria a adotar a linha comunista de Pequim.
Só entre 1990 e 1992, a Albânia deixou de seguir o comunismo ortodoxo, passado a um regime multipartidarista, com eleições regulares. Com o fim do regime comunista, a Albânia tratou de tentar recuperar os anos de isolamento em que esteve. Passou por sucessivas crises econômicas no período. Atualmente, o país é presidido por Bamir Topi.
Fonte: IBGE

Você precisa conhecer os outros países da Janela 10 x 40!

Você precisa aplicar em sua igreja slides sobre a Janela 10 x 40 (powerpoint!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.