Pesquise em mais de 1800 postagens!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Sociedade Líquida

Sociedade Líquida: A proposta de uma nova religião!

Fonte: site da CONAE
Em outubro de 2009 estive participando da CONAE - etapa São Paulo, no Anhembi.

A CONAE é a Conferência Nacional da Educação. O MEC - Ministério da Educação, tem um plano decenal para a Educação. A educação brasileira está organizada de 10 em 10 anos.

A lei máxima para a Educação brasileira é Constituição de 1988! É claro! Contudo, existe uma lei norteadora (que dá um norte, um rumo) aos encaminhamentos que a Constituição exige. Esta lei chama-se LDB. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que foi publicada sob o número 9394 em 1996.

Ela prevê uma discussão ampla na sociedade sobre os rumos da Educação Brasileira, tanto pública como privada. Esta discussão acontece de 10 em 10 anos. Envolvem representantes dos Pais, dos Alunos, dos Funcionários, dos Professores, dos Gestores (antes chamados de diretores de escola). Tanto nas esferas pública e Particular. Municipal, Estadual e Federal. Em todos os níveis: Creche, Infantil, Fundamental, Médio e Superior.

As dicussões acontecem (ou deveriam acontecer) nas cidades (CONAE municipal), nas regiões (CONAE Regional) e no estado (CONAE Estadual). Cada CONAE elege delegados que discutem e votam as diretrizes para a educação brasileira nos próximos 10 anos em Brasília (CONAE Nacional).

Participei da CONAE em Paulínia, em Campinas e em São Paulo. Não pude ser eleito para a etapa nacional que acontecerá de 28 de março a 1° de abril de 2010. Uma pena! O dia da eleição coincidiu com a festa de 6 anos do meu filho! fazer o que. Contudo, dei minha participação!

Se você quiser saber a lista (em PDF) de todos os delegados que discutirão a educação nos próximos 10 anos, clique aqui. Na verdade é a maior lista de emails para spam que eu conheço! Será que o governo não pensou nisto?

No dia 2 de outubro, participei do Eixo de Discussão II, que tratava da Qualidade da Educação, Gestão Democrática e Avaliação. Antes das discussões em si, pessoas foram convidadas para palestrarem sobre o tema, a título de incentivo à discussão. Representando a Secretaria de Educação do Estado de São paulo, a
professora Aglaé Cecília Toledo Porto Alves teve a sua oportunidade.

Ela não discorreu sobre a educação. Ela propôs uma nova religião! A Sociedade Líquida.

Ela exibiu uma imagem com maçãs verdes:
Fonte: Apple4all

Ela disse que a maçã traz consigo uma concepção de transgressão. É quase inerente à figura. Segundo ela, toda transgressão é boa, pois ela gera o caos. Qual a vantagem do caos? A transgressão leva à vida, pois a partir do caos, a vida surge com novos propósitos. A transgressões levam a uma sociedade melhor.

Depois exibiu outra imagem:
Fonte: illusions.net
Nesta imagem - tão conhecida - vemos duas imagens: a taça e duas pessoas. Ele afirmou o seguinte com esta imagem: O campeão recebe a taça da vitória. A vitória de um bom encontro de duas pessoas!

A vida é feita de encontros. Bons e maus encontros. Em todo encontro há duas situações: aquilo que eu passo para a pessoa e aquilo que a pessoa passa para mim.O que eu carrego desse encontro é a vitória para minha vida. Recebo a taça de vencedor!

- bons encontros - potencial de existir, ganhamos ânimo (etimologicamente, ânimo é anima, alma). Nossa alma tem vontade de continuar, de contínuos viveres!
- maus encontros - tira a vontade de existir, tira o ânimo!


Pontos importantes da Sociedade Líquida:

  • Temática do E e não do OU. Não é isto OU aquilo, mas sim, isto E aquilo. As duas coisas juntas e ao mesmo tempo!
  • Temos que sair da dualidade, da dicotomia e da ideia maniqueísta, do bem ou do mal. Não existe bem OU mal, mas sim, o bem E o mal. O mal tem algo bom e o bom tem algo mau.
  • Não existe uma única verdade. A verdade é múltipla. Não existe mentira, o certo ou o errado. Existem múltiplas verdades.
  • As questões são, portanto, líquidas, mutantes, móveis, voláteis e flexíveis. Múltiplos aspectos ou faces. nada é estanque.
  • A partir da desordem, consequentemente, vem uma ordem.
  • A partir da ilógica vem a lógica.
  • A sociedade não é tão somente complexa, ela é multi-complexa;
  • A nova Religião, em seu conceito etimológico, do latim religare, vem religar conceitos, temas, etc;
  • Nós somos da mesma tribo, somos da mesma espécie, portanto, há mais igualdades que dessemelhanças. Temos que ver as igualdades para aceitar as diferenças;
  • Somos cadáveres adiados, comida de saprófitos. Enquanto vivos, temos que nos relacionar com o próximo, sabendo porém, que tudo é flutuante, líquido! 
  • Não há questão aberta ou fechada, mas sim, muitas questões.
A professora Aglaê falou num português corretíssimo, polido e muito equilibradamente transcorreu o seu tema. Para mim ela pareceu uma pregadora da nova religião. Uma sacerdotisa. No fundo, não é uma nova religião. É a mesma mentira que atraiu Adão e Eva. Questionar a onipotência de Deus, sair do estado de criatura para o estado de ser semelhante ao Criador. Novas palavras para um pecado antiquíssimo.

Orei pela professora.

No momento fiquei pasmo. Senti que deveria escrever sobre o assunto. Adiei 5 meses.

Caso a senhora esteja lendo este artigo, saiba que Jesus Cristo morreu por você. Para te religar com Ele. Ele é a única verdade. A madeira da cruz não era "líquida". O sangue vertido era líquido. Escorreu por mim e pela senhora. Jesus eliminou o caos do pecado. Tenho certeza que em alguns momentos da sua vida a inquietação tomou conta. nenhuma filosofia te deu paz.

Saiba que Deus te criou com a eternidade em seu coração. 
Só o eterno pode preencher a eternidade da tua alma, senhora.

Direito de resposta nos comentários! Posso ter me equivocado em alguma coisa....

Caso vocês queiram conhecê-la, ela aparece aqui de casaquinho rosa (clique aqui). Esse é o email dela. Orem por ela!

Um comentário:

  1. Encaminhei este email para a Profª Aglaê:

    ---------------------------------
    Olá Profª Aglaê

    Participei do CONAE São Paulo no Anhembi, em outubro de 2009. Fui ouvinte em sua palestra naquela ocasião. A senhora teceu comentários sobre Sociedade Líquida.

    O teor da palestra me deixou muito desconfortável. Frases que, na minha concepção, são extremamente perigosas.

    Como sou evangélico, absorvi sua palestra como se fosse uma apologia à Nova Religião. Na verdade a senhora usou esta expressão. Senti a necessidade de escrever algumas poucas palavras sobre o assunto do ponto de vista evangélico no meu blog.

    Claro que não é ofensivo! De forma alguma. Não combati a senhora, mas sim, o teor da palestra. Também é claro que não tenho gabarito para discutir filosofia com a senhora. Afinal, sua palestra foi muito profunda, e vossa postura elegante.

    Caso haja alguma reprimenda pelo que escrevi, sinta-se à vontade para me interpelar. Seja por este email, assim como pelo contato do Blog.

    Deus te abençoe.

    Gilson de Moura
    -----------------------------------

    ResponderExcluir

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.