Pesquise em mais de 1800 postagens!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O Sofrimento e o Livramento 2



O sofrimento e o livramento. Sofremos, mas somos livrados do mal. Aqui no Blog Missões e Adoração recebo emails de pessoas que relatam dores e sofrimentos. Por contato pessoal conheço pessoas que sofrem muito! Crentes fiéis que sofrem. E, para espanto nosso, pessoas não salvas, que levam uma vida tranquila!

Quando aceitamos a Jesus não nos foi garantido uma vida abundante!? O crente que não está vivendo uma vida "abundante" aqui na terra está em pecado? Tal crente não está "encapetado"? Ou é falta de fé? Ou ele não "sacrificou tudo"?

A resposta é fácil: NADA A VER! Como diz um amigo meu: "Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa!"


Vamos estudar esse assunto em três partes:


Causas do Sofrimento

Não podemos pensar somente no sofrimento. Se os sofrimentos existem, devemos entendê-los e analisá-los para que tenhamos vitórias e não vivamos em derrota.

Não podemos nos perder em sentimento do tipo: "O que eu fiz para merecer isso"? "Por que aconteceu comigo"?

Temos que ter sabedoria para entender as causas do sofrimento.

Muitas vezes os sofrimentos são para nossa correção, conforme lemos em Hebreus 12:5-11 - E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor e não desmaies quando, por ele, fores repreendido; porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois, então, bastardos e não filhos. Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos? Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade. E, na verdade, toda correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas, depois, produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.

O autor dessa epístola foi claríssimo! Show! Não dá para interpretar de outro modo! Não tem Hermenêutica nem Exegese que mude o que está CLARAMENTE exposto aqui! Sofremos porque somos corrigidos. É ruim, mas, vamos perceber que saímos ca crise com mais experiência com Deus!

Outras vezes o sofrimento pode vir por causa do nosso pecado predileto (semeaduras ou brechas, como querem alguns).

Isto está bem explicado em Romanos 6:13, 16, 21 e 23 - nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça .... Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? .... E que fruto tínheis, então, das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte. .... Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor.

Também está explicado em Gálatas 6:7 - Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.


Temos que saber que todas as coisas que acontecem conosco, por pior que sejam, Deus as reverterá para nosso bem. Isso pode soar estranho, podemos não entender, contudo, esta é a realidade das Escrituras, conforme lemos em Romanos 8:28 - E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.

Também devemos entender que no versículo de Romanos 8:28, onde diz: Todas as coisas, por incrível que pareça, inclui os nossos pecados deliberados após a nossa conversão. Veja que somos santos lutando contra o pecado. Deus Pai nos perdoou por causa do sangue de Jesus. É o sangue de Jesus que nos justifica de todo o pecado. Contudo, os nossos pecados causam prejuízo para nossa vida. Como Deus reverterá em bênção um pecado que cometemos? Não sabemos. Portanto, o sofrimento que passamos por causa de um pecado que cometemos nos causará mal, contudo, a misericórdia de Deus nos corrigirá! Vamos sofrer por causa da semeadura e por causa da correção!

Então entendemos a causa do Sofrimento, mas, e o Livramento? Acompanhe a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.