Pesquise em mais de 1800 postagens!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Dossiê de Oração: Kuwait


KUWAIT
População: 2.596.799
Líder político: o primeiro-ministro Nasir al-Muhammad al-Ahmad al-Sabah
Cristãos: 0,6%
Religião Dominante : Islamismo sunita
Perseguição Ranking: 32
Número de grupos terroristas: 2
Atos de Terrorismo: 45
Percentual de corrupção: 52%
Percentual de pessoas na pobreza: Sem ranking

Embora seja uma das nações mais ricas do mundo, o Kuwait era desconhecido para a maioria dos ocidentais, até a Guerra do Golfo de 1991. Invasão do Iraque de Saddam Hussein no Kuwait gerou uma resposta dos Aliados, que resultou em duas invasões e a eventual derrubada de seu regime.
Kuwait significa "pequeno forte" e com menos do que o tamanho de Israel, vive o significado de seu nome. Localizado na Península Arábica, onde o Islã teve o seu início, não é nenhuma surpresa que a nação seja uma fortaleza para esta falsa religião. A religião oficial é o islamismo sunita e há uma grande minoria de muçulmanos xiitas.

Outras fortalezas espirituais adicionais ocorrem sob a forma de materialismo e imoralidade. O cristianismo é tolerado somente entre expatriados e todo o evangelismo é proibido. Para ser um cidadão do Kuwait, você deve ser muçulmano. "Kuwaitianos que se convertem ao cristianismo", a Voz dos Mártires explica, "devem enfrentam a violência e detenção". [A Igreja Perseguida Relatório Global 2009, A Voz dos Mártires, p. 15. ]

A boa notícia é que Deus está respondendo às orações de Seu povo sobre o Kuwait. No rescaldo das guerras, vários observadores notaram uma pequena, mas crescente abertura ao cristianismo. "... Há mais interesse nas questões da fé". [George Otis Jr., fortalezas da Janela 10/40, (Seattle, WA: JOCUM, 1995), p. 135.]

O país está passando por uma mudança política também. Em 2005, às mulheres foram cedidos o direito de voto e na eleição de 2009, quatro cadeiras no Parlamento foram ganhas por mulheres.

O Kuwait é considerado estratégico por várias razões. Primeiro, por causa de sua localização em relação à Arábia Saudita, Irã e Iraque. Segundo, porque a sua população é de maioria sunita. Terceiro, porque mais de metade das pessoas que vivem no Kuwait são trabalhadores estrangeiros, muitos deles do ocidente, alguns dos quais são cristãos.

Talvez Deus deseja fazer do Kuwait Seu "pequeno forte" no Reino de Deus no Médio Oriente. Poderia este minúsculo país ser uma área estratégica de preparo para o ministério em toda esta região?

LOUVE
A Igreja Evangélica Nacional no Kuwait tem mais de 50 congregações adorando em dezenas de línguas. Uma delas, a Igreja Farol, tem mais de 50 nacionalidades e tem mais de 2000 membros.


ORE
  • Ore por Deus para que Ele cumpra Seu propósito original para esta pequena nação, mas de importância vital, e seu povo. (Salmo 25:12).
  • Ore para a derrubada das fortalezas do islamismo, do materialismo e imoralidade.
  • Ore para que o Reino de Deus seja estabelecido firmemente nesta terra.
  • Ore para que as pessoas não salvas sintam tristeza pela ausência de Deus em seus corações e que seja revelado seus pecados e que eles recebam o dom gratuito da salvação em Jesus Cristo. (Atos 3:19).
  • Ore por cristãos fiéis - expatriados ou indígenas - para proclamar publicamente o Nome e o Evangelho do Senhor Jesus Cristo a todos os que o Senhor conduz. (Salmo 89:15).
  • Ore por um explosivo despertar entre os muçulmanos árabes e que se espalhe rapidamente e com força para as nações em redor, varrendo o Islã para fora e inaugure o glorioso reino de Deus. (I Pedro 2:9).
  • Ore para que o Corpo de Cristo no Kuwait seja invisível e invencível para o inimigo.

Fontes: "Praying Through the L00 Gateway Cities of the 10/40 Window" (C. Peter Wagner, Stephen Peters, editores Mark Wilson, 1995), World Factbook, "A Igreja Perseguida Prayer Devotional" (Beverly Pegues, 2006).

Original em inglês aqui (Window International Network). 

Mais sobre o Kuwait aqui no Blog Missões e Adoração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.