Pesquise em mais de 1800 postagens!

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Que preço você pagaria por sua fé?


"Quem me confessar diante dos homens, Eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos Céus". Mateus 10.32
Gilson,
Há aproximadamente um ano, a Missão Portas Abertas noticiou o caso de Mohammed Ahmed Hegazi, um jovem do Egito que se converteu ao cristianismo e reivindicou ao Tribunal Administrativo do Cairo que sua nova religião fosse registrada em seus documentos oficiais. Relembre o caso.
Após seu caso ser noticiado em canais de televisão e jornais, Hegazy se tornou prisioneiro em sua própria casa. "O mais difícil para mim é saber que a vida de minha mulher e de minha filha está em perigo o tempo todo", afirma ele.  Apesar da apreensão pela integridade física de sua família ele ressalta a necessidade de tratar a questão da liberdade religiosa de forma ampla. Leia a primeira e a segunda parte da entrevista que ele concedeu.
Em 2007, o Quênia começou a receber somalis fugidos dos combates entre as tropas do governo e milícias islâmicas que controlavam o sul do país. Para muitos somalis, não foi a guerra, mas a perseguição religiosa que os levou a deixar suas casas e buscar refúgio no Quênia. Leia as últimas notícias e conheça a campanha de oração que foi lançada em favor da Somália.

Membros da Igreja Ortodoxa da Etiópia acusados de atividades em favor de reformas foram recentemente excomungados. Neste momento, eles enfrentam insultos e agressões da comunidade ortodoxa local. Líderes mais antigos avisaram para que limitassem seu contato com cristãos protestantes, para sua própria segurança. Saiba mais sobre o caso.

Os casos relatados ilustram as histórias de milhares de irmãos que estão pagando um alto preço por confessar a fé em Cristo.

Lembre-se deles em suas orações,
Renata Éboli

PS: Continue a divulgar e a participar da campanha de Ações Institucionais pela Índia. Ajude-nos a dar um basta à violência contra nossos irmãos. Participe agora! 
23 de setembro de 2008
www.portasabertas.org.br
Fone: (0--11) 5181 3330
Fax: (0--11) 5181 7525

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.