Pesquise em mais de 1800 postagens!

terça-feira, 3 de junho de 2008

Jesus, o motilone - parte 9

Refém! - parte 6
Por Bruce Olson, Maio 1990

A canção de um Anjo
Nessa mesma noite, eu despertei com terrível dor. Desta vez, eu não poderia isolá-lo a partir de mim mesmo. Nunca tinha sentido essa angústia.
Nesta noite aconteceu uma coisa espantosa. Um pássaro que conhecia pelo nome "Mirlo" começou a cantar. Ao ouvir, percebi que esta canção teve um efeito sedativo, como uma fascinante melodia em tom menor que me era dolorosamente familiar.
Eu perdi a consciência. Quando dei por mim, a ave ainda cantava. Tratava-se de uma alucinação? Mais do que qualquer coisa, porque todos sabiam que estas aves não cantam durante a noite. No entanto, esta música reparadora real ou imaginária teve um efeito sobre o meu espírito e eu podia sentir que retornava à vida.
Então eu compreendi. O pássaro realizava uma canção em tom motilone, imitando os sons com uma fidelidade tão terrível que eu podia ver quase Kaymiyokba e outros motilones cantando as profecias da ressurreição de Cristo, no antigo estilo de sua tribo.
Naquele momento eu sabia o que tinha deixado para trás e que seria um motilone. Deus tinha usado a canção de um pássaro para trasfundirme o seu sangue cheio de vida.
Na manhã seguinte, um dos guerrilheiros que havia se convertido me abordou na minha rede.
“Te fez bem?” Ele disse suavemente. "Você teve seu concerto pessoal na noite passada?"
Ele me olhou nos olhos.
"O Mirlo", esclareceu. "nos manteve despertados toda a noite. Nós nunca tínhamos ouvido algo parecido! Os rapazes perguntaram se seria um anjo especial enviado para cantar para você."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.