Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

A Igreja Perseguida - a igreja dos últimos dias - 2

Este é um artigo que escrevi para o jornal O Batista do Caminho, nº 4, novembro/dezembro/2007. Esta é a última parte:


Servindo os cristãos perseguidos
Este é o lema da organização interdenominacional Missão Portas Abertas. O irmão André, que é o fundador dessa organização, em 1955 contrabandeou Bíblias para o Leste Europeu, então dominado pelos soviéticos. No Brasil desde 1978, a Missão criou uma classificação dos países quanto à perseguição religiosa.
Segundo o site da Missão Postas Abertas (www.portasabertas.org.br) há 50 países, de um total de 217, em que ocorre perseguição contra cristãos. O critério de seleção é o resultado de um questionário específico desenvolvido com perguntas padronizadas sobre:

  • a situação legal dos cristãos no país,

  • a atitude do regime político em relação à comunidade cristã,

  • a liberdade da Igreja para organizar eventos,

  • o papel da Igreja na sociedade,

  • o tratamento de cristãos considerados individualmente e

  • outros fatores limitadores da vida de igrejas e cristãos.
Veja no mapa extraído do site, os países representados em vermelho onde há maior perseguição religiosa contra cristãos:



Ranking
País
Coréia do Norte
Arábia Saudita
Irã
Somália
Maldivas
Iêmen
Butão
Vietnã
Laos
10º
Afeganistão


Abaixo indicamos alguns cristãos que foram aprisionados ou sentenciados durante o ano de 2007 (os dados e os mapas também foram extraídos do site Missão Postas Abertas):
Azerbaidjão (22ª posição)
Zaur Balaev (1963) - Pastor batista condenado a dois anos de prisão em 8 de agosto de 2007, pela corte de Zakatala. Ele foi considerado culpado de “uso da violência contra oficiais do Estado no exercício de suas funções”.
China (12ª posição)
Gu Changrong - Líder de uma igreja não registrada em Pequim, foi presa no momento em que compartilhava sua fé com o secretário do Partido Comunista do seu vilarejo natal, na província de Liaoning. O secretário chamou a polícia, acusando Changrong de "envenenar os membros do Partido Comunista" com a mensagem cristã. Três membros do Comitê de Segurança Pública prenderam a mulher em março de 2007. Ela foi condenada a um ano de reeducação através de trabalho forçado, por "usar seitas malignas para obstruir o exercício das leis estatais", e está cumprindo a pena no Campo de Trabalho de Ma San Jia.
Shuang Shuying (1930) - Mãe do pastor Hua Huiqi, Shuying está presa desde fevereiro de 2007. Ela foi condenada a dois anos de prisão, por um tribunal de Pequim, acusada de danificar propriedade pública e privada. Seu estado de saúde é preocupante.
Sol Qingwen e Zhang Geming - Pastores presos em 15 de junho de 2007, acusados de realizar um "culto satânico". Eles foram enviados à província de Shandong comos missionários. Foram sentenciados em junho de 2007 a um ano de detenção em um campo de reeducação e trabalho, em Shandong. A libertação se dará em 14 de julho de 2008.
Eritréia (13ª posição)
Unkba Michael Teklehaymanot - Detido pela terceira vez em setembro de 2007 em sua casa, em Asmara. A sua última prisão se deu em janeiro de 2005, enquanto ele realizava uma cerimônia de casamento. Na ocasião, ele foi levado para um campo em Sawa, onde passou 10 meses.
Iyob Berbe - Pastor da Igreja Kale Hiwot, preso em 2006. No início de 2007, ele estava hospitalizado com sérios ferimentos. O pastor Iyob foi submetido a duras punições militares que exigiram tratamento médico de emergência no Hospital Público Mendefera. Desde essa época, ele foi transferido para o Distrito Policial de Mendefera, onde permanece preso por recusar assinar documentos abjurando sua fé e atividades evangelistas.
Uzbequistão (11ª posição)
Dmitry Shestakov (1969) - Em março de 2007, o pastor Dmitry foi culpado de "incitar ódio religioso" e foi sentenciado a quatro anos de reclusão em uma penitenciária agrícola. Três meses depois, o pastor foi transferido de uma penitenciária agrícola para um campo de trabalhos forçados. A alegação usada para a transferência foi "mal-comportamento" do pastor.
Salavat Serikbayev (1974) - Pastor condenado, em maio de 2007, a dois anos de prisão em um campo de trabalhos forçados por “quebra de protocolo e ensino da religião”. Além de preso, Salavat foi obrigado a passar 20% de seu sustento ao Estado. Mais tarde, sua sentença foi alterada para um ano. Sua pena inclui plantar árvores no deserto, das 8 às 20 horas, sob o forte sol do Uzbequistão.
Vietnã (8ª posição)
K'Pa Binh (1976) - Ativista cristão degar condenado a 15 anos de prisão , em junho de 2007, por “ser cristão da igreja doméstica”, por se envolver em campanhas pelos direitos à liberdade de expressão, por defender os direitos da etnia degar e possuir telefone celular. K'Pa Binh foi preso em setembro de 2006 por ter participado de um protesto pacífico de Páscoa. Ele está preso na penitenciária T-20, na cidade de Pleiku, província de Gia Lai.
K’Pa Cin (1965) - Ativista cristão degar condenado a 15 anos de prisão, em junho de 2007, por “ser cristão da igreja doméstica”, por se envolver em campanhas pelos direitos à liberdade de expressão, por defender os direitos da etnia degar e possuir telefone celular. K’Pa Cin estava preso desde novembro de 2006 na penitenciária T-20, na cidade de Pleiku, província de Gia Lai.
SUDÃO (20ª posição)
Uma granada foi detonada na última quinta-feira à noite durante um culto. O homem que portava o artefato morreu, seis crianças também e três pessoas ficaram feridas. De acordo com os pastores Francis Ayul e Saphano Riak Chol, líderes de FEBAC-Sudão, associação recentemente formada por igrejas batistas evangélicas, o reverendo John Monykuer estava conduzindo uma reunião de adoração quando um homem não identificado em traje militar entrou no culto e detonou uma granada. Cinco crianças morreram imediatamente. Quatro pessoas, incluindo o pastor John Monykuer, duas crianças, e a esposa do pastor Michael Makuin Kuol foram levadas para o hospital perto de Malakal. Uma das crianças morreu no sábado de manhã e os demais feridos estão em estado crítico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.