Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

A Cruz de Cristo - O Túmulo vazio

Estudo de célula que fiz em 2004 para minha igreja.

Introdução:
Esta é uma série de 14 estudos sobre a importância da cruz de Jesus Cristo. Ela foi baseada no livro “Encontro” do Pr. César Castelhanos e do livro “Ele escolheu os cravos” de Max Lucado. O objetivo principal dessa série de estudos é o crescimento espiritual do discípulo, o correto entendimento e compreensão do amor de Deus e do sacrifício de Jesus Cristo. Vamos acompanhar alguns momentos da prisão, julgamento, condenação, crucificação, morte, sepultamento e ressurreição de Jesus.

Texto base: João 20:1-10.

Desenvolvimento do Estudo:
Jesus despojou o império das trevas, sendo vitorioso e dando-nos também a vitória. Ele venceu e também somos vencedores com ele. Cl. 2:15 – Jesus despojou o império das trevas. 1Co. 15:57 – Somos vitoriosos porque Deus nós dá a vitória através de Jesus pela Sua graça. 2Co. 2:14 – Deus sempre nos conduz em triunfo para que nós espalhemos o cheiro do conhecimento de Deus por todo lugar que andamos. Rm. 8;37 – somos mais que vencedores porque Jesus nos amou.
Pode Deus ficar em uma cruz? Sim, Ele morreu lá, por amor de você. Pode Deus permanecer em um túmulo? Não, Ele ressuscitou para que você fosse vitorioso.
Se somos vitoriosos, porque guardamos para nós os maus momentos? Por que os abraçamos? Por que os mantemos conosco. Os maus momentos, maus hábitos, modo egoísta, mentiras, farras, fanatismos, os deslizes, as falhas. Por que mantemos isto conosco? Precisamos deixar todo este lixo aos pés da cruz! Podemos fazer isso porque Deus quer! Ele quer que façamos isto, porque sabe que não podemos viver como Ele. Só ele é santo. É a cruz e o túmulo vazio que nos santifica. Devemos deixar os maus momentos na cruz e caminhar com Ele em vitória, pois Jesus não ficou no túmulo. A pedra foi removida. Deus faz mais que perdoar os pecados, Ele os remove. (1Jo. 1:9).
Devemos deixar os nossos maus momentos na cruz e também os momentos ruins dos nossos irmãos que chegam até nós. Devemos amá-los. Se amamos a Deus, amamos os nossos irmãos (1Co.13:4-8). Como podemos nos chegar diante de Deus e pedir perdão, se nós não perdoamos os nossos irmãos? (Cl. 3:13). Coisas do passado sempre são trazidas ao presente. Como alguns têm boa memória para os erros dos irmãos e péssima memória para alguns versículos:
2Co. 5:17 – não sou apenas eu, meu irmão em Cristo também é nova criatura!
Is. 43:25 – Deus apaga as minhas transgressões e as do meu irmão também.
Abandone seus pecados antes que eles contaminem totalmente você. Abandone o rancor, antes que ele o incite à raiva e contenda. Entregue a Deus a sua ansiedade antes que ela o iniba de caminhar com fé. Dê a Deus os teus momentos ruins. Se você deixar com Deus os teus momentos ruins, só sobrará bons momentos.

Líder: Ministre em seus discípulos. Unja-os com óleo. Declare palavras de vitória. Eles têm que se quebrantar!


Veja os demais estudos.


Primeiro deve falar ao seu coração, depois, você transmite aos seus discípulos.
Deus vai te usar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.