Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Transforma-me Senhor Jesus! – Transforme minha família!



Este é um estudo de célula que preparei para minha igreja.
Texto-base: 1Ts. 5:23

Uma série de ministrações sobre Transformação!

Transforma-me Senhor Jesus! Transforme meu corpo!



Transforma-me Senhor Jesus! – Transforme meu espírito!




Abertura: Basta de melhorias e remendos! Precisamos de uma reforma completa, ampla, total, irrestrita e profunda! Deus quer transformar nosso corpo, alma e espírito, ou seja, tudo! É o desejo Dele, mas também, temos nossa responsabilidade conforme 1Co. 3:9, nós somos cooperadores de Deus. Hoje vamos detalhar a seguinte área da nossa vida que deve ser transformada: nossa família.

Introdução: Deus criou a família (Ef. 5.31 ). A família é uma só carne, um só corpo. Não somente o marido e a esposa, mas também os filhos! Quando aceitamos a Jesus como nosso único e suficiente Senhor e Salvador, passamos a fazer parte da família de Deus (Ef. 2.9), contudo, não podemos nos esquecer da nossa família de sangue, se fizermos isto, estaremos negando a própria fé (1Tm. 5.8).

Família – Plano de Deus: O plano de Deus para as famílias é que todas elas sejam abençoadas através da aliança que Ele fez com Abraão (Gn. 12.3). Jesus é o cumprimento dessa aliança, Ele quer transformar cada família em uma igreja! Veja os exemplos:
· Saulo – é um exemplo negativo, mas dá uma idéia de que a igreja era estabelecida nas casas. Saulo (ele ainda não havia se convertido nesta época) assolava a igreja entrando nas casas e arrastando as famílias (At. 8.3).
· Áqüila e Priscila – Priscila é a forma carinhosa de chamar Prisca. Prisca é o nome próprio, Priscila é o diminutivo – semelhante a José e Zezinho. E quanto a Áqüila, pronuncia-se Ácuila, e não Ákila. Ele e Priscila viviam em Roma, tinham uma igreja na casa deles (Rm. 16.3-5). Quando eles fugiram de Roma (At. 18.1-3), estabeleceram-se na cidade de Corinto e novamente fundaram uma igreja na casa deles (1Co. 16.19). Quando encontraram Paulo, foram com ele para Éfeso (At. 18.18 e 19) e novamente estabeleceram uma igreja na casa deles lá, inclusive, usando a residência como um verdadeiro centro de discipulado. Apolo é uma das pessoas que foram discipuladas por Áqüila e Priscila (At. 18.24-26). Paulo, com 64 anos aproximadamente, preso, prestes a ser decapitado por Nero em Roma, escreve sua última carta a Timóteo (o último escrito de Paulo), nesta carta ele manda uma saudação para este casal abençoado, que novamente, tinham uma igreja na casa deles (1Tm. 4.19);
· Ninfas - Cl. 4.15, a família de Ninfas abriu sua casa para receber pessoas e estabeleceram uma igreja;
· Filemon – Fm 1.1-2, Filemon era o líder da igreja que se reunia em sua casa.

Família – a célula principal: Como podemos perceber, estas pessoas abriram suas casas para receber pessoas, ali havia oração, leitura da Palavra, pregação, cura, libertação, discipulado. Eram lugares agradáveis. Algum membro da família ficava de fora desta comunhão? Pela leitura da Palavra de Deus podemos afirmar que praticamente ninguém ficava de fora. É por este motivo que Paulo pôde profetizar ao carcereiro de Filipos que ele teria a família toda salva (At. 16.31) e a profecia se cumpriu (At. 16.32 e 33).

A Família toda salva: esta profecia é válida para nós também, porém, temos que velar sobre ela.

Temos que fazer nossa parte, pois somos cooperadores com Deus (1Co. 3.9):
· Pais – sejam bons pais, não levem seus filhos à ira (Ef. 6.4). Se seus filhos AINDA não forem crentes, ame-os ainda mais;
· Filhos – sejam bons filhos, amem e respeitem seus pais (Ef. 6.1-3). Se seus pais AINDA não forem crentes, ame-os ainda mais, passe tempo com eles. Ajude a pagar os gastos domésticos, ajude a limpar a casa, etc.
· Marido – ame sua esposa como Cristo ama a igreja (Ef. 5.32). Se ela AINDA for descrente, ame-a ainda mais, pois saiba que você a santifica (1Co. 7.14);
· Esposa – ame seu marido como a igreja deve amar a Jesus (Ef. 5.32). Se ele AINDA for descrente, ame-o ainda mais, saiba que você o santifica (1Co.7.14);
· Irmãos – amem-se no Senhor, você são flechas e estão na mesma aljava! (Sl. 127.3-5). Se alguma “flecha” AINDA não for crente, ame-a ainda mais.

Cuidado: Família que peca unida, morre unida. Veja o exemplo de Ananias e Safira (At. 5.1-10).

Líder: Ministre sobre eles, declare uma família abençoada para eles e para você. Não é momento de lembrar os defeitos, mas sim de declarar salvação, transformação. Pergunte a eles qual família eles querem se parecer: a de Ananias ou a de Áqüila? Faça-os declararem: “Senhor, transforme minha família!. Se for uma célula heterogênea (homens e mulheres juntos), peça para a família se abraçar. Ore sobre a família. Lembre-se, não pregue aquilo que você não está vivendo. Não pense que este estudo serve "apenas" para seus discípulos. Serve para você também. Serve para todos. Então, primeiramente, ministre este estudo para você mesmo. Medite sobre cada passagem. Este é um estudo complexo, está organizado dessa forma: espírito, alma, corpo, cinco sentidos, família, trabalho e ministério. Assim como Naamã precisou mergulhar sete vezes no rio Jordão para ser curado da lepra (2Rs. 5:14), nós também precisamos mergulhar várias vezes no Espírito para sermos transformados. Estes estudos irão orientar os "mergulhos" no Espírito. Não pregue na sua célula, ministre sobre ela! Dispense a graça e o poder de Deus que está em você sobre seus discípulos. Você é condutor da glória de Deus! A cada estudo ou item, declare: "Senhor, transforma meu/minha ...". Ao final de cada estudo/item, declare (e faça seus discípulos declararem): "Eu determino, não emprestarei meu/minha ... para Satanás!". Unja-os com óleo, declare palavras proféticas, quebrante-os no poder do Espírito Santo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.