Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Transforma-me Senhor Jesus! Transforme meu corpo!



Este é um estudo de célula que preparei para minha igreja.
Texto-base: 1Ts. 5:23

Uma série de ministrações sobre Transformação!

Transforma-me Senhor Jesus! Transforme meu corpo!



Transforma-me Senhor Jesus! – Transforme meu espírito!




Abertura:
Basta de melhorias e remendos! Precisamos de uma reforma completa, ampla, total, irrestrita e profunda! Deus quer transformar nosso corpo, alma e espírito, ou seja, tudo! É o desejo Dele, mas também, temos nossa responsabilidade conforme 1Co. 3:9, nós somos cooperadores de Deus. Hoje vamos detalhar a seguinte área da nossa vida que deve ser transformada: nosso corpo.

Introdução: O nosso corpo foi criado por Deus. Foi criado perfeito. Deus criou duas categorias de seres com espíritos: os anjos (alma e espírito) e os homens (corpo, alma e espírito). Os demais seres não têm espírito. Os demônios são anjos que optaram por desobedecer a Deus.. Passaremos a eternidade com o corpo, com a alma e com o espírito. Como Deus desejou no Jardim do Éden. O pecado trouxe a corruptibilidade à nossa carne (que significa a capacidade de se degenerar, de se estragar) – Rm. 5.12. Deus deu a providência da salvação. O verbo se fez homem, carne como a nossa carne. 100% homem, mas também 100% Deus e 100% controlado pelo Espírito Santo. O Deus todo poderoso na segunda pessoa da trindade nasceu de uma mulher e adquiriu carne, adquiriu corpo. Sentiu tudo o que nós sentimos, foi tentado em tudo o que somos tentados. Nunca pecou. Morreu na cruz e ressuscitou. Adquiriu um novo corpo, um corpo incorruptível. Ele nos prometeu um corpo incorruptível também, como o Dele! Nós o obteremos no arrebatamento (para os que estiverem vivos na Vinda de Cristo, caso tenham aceitado Jesus e permanecidos fiéis à Sua Palavra) ou na ressurreição dos santos (para os que estiverem mortos na Vinda de Cristo, caso tenham aceitado Jesus e permanecidos fiéis à Sua Palavra). Mas, enquanto esta promessa não se cumpre, temos que viver com este corpo. Corpo que se corrompe, que a natureza vai degradando, destruindo aos poucos. Ao aceitarmos Jesus, o Cristo, o Ungido de Deus, como nosso Senhor e Salvador, tivemos o nosso espírito nascido de novo, a nossa alma está sendo transformada (temos a mente de Cristo) e o nosso corpo precisa ser domado, adestrado pelo Espírito Santo.

Máquina de gerar pecados: Em Tiago 1:12-16, vemos a máquina de gerar pecado. Como toda máquina, ela tem engrenagens:


CONCUPISCÊNCIA > TENTAÇÃO > DECISÃO

PECAR que leva a MORTE
NÃO PECAR que leva a COROA DA VIDA

Concupiscência é o desejo forte que temos na nossa carne, pode ser nas áreas (alguns exemplos):
· Sexual: lascívia (desejos impuros), prostituição (sexo fora do casamento), homossexualismo (gays e lésbicas), pedofilia (atração por crianças), zoofilia (atração por animais), pornografia (revistas, filmes, internet, etc;
· Financeira: cobiçar os objetos das outras pessoas, o dinheiro, os bens, carros, casas, roupas, etc;
· Pessoal: orgulho, ciúme, inveja, poder, intriga, carências afetivas, posição, fofoca, etc;

Cada um tem o desejo forte em uma ou mais áreas. Estes desejos devem ser controlados, contidos. Os demônios, sabendo desse desejo forte, nos tenta (vs. 13). Eles trazem situações que fazem com que a gente necessite decidir. A decisão em pecar é feita pelo homem. Somos nós que decidimos pecar ou não pecar. Se decidirmos pelo pecado, a morte física e/ou espiritual será gerada (vs. 15). Se decidirmos não pecar, somos bem-aventurados e receberemos a coroa da vida (vs. 12). Temos que entender que sempre seremos tentados. O demônio não vai te dar descanso. Mas, a vitória é nossa!

O Espírito Santo tem a capacidade de nos ajudar a decidir corretamente. A leitura, meditação e prática da Palavra de Deus nos fortalece, nos capacita a decidirmos por não pecar (1Ts. 4:3-8). A oração constante nos ajuda a termos forças a decidirmos por não pecar (1Ts. 5:17). A confissão de pecados nos purifica (1Jo. 1:9). Temos que entender que se pecarmos, temos um advogado no céu: JESUS ( 1Jo. 2:1). O pecado nos afasta de Deus, mas o sangue de Jesus nos permite entrar com confiança diante do trono de graça e acharmos socorro no momento oportuno (Hb. 4:14-16). Quando é o momento oportuno? É o momento da decisão: Pecar ou não pecar?

O pecado quebra nossa comunhão com Deus

A confissão e arrependimento renovam nossa comunhão com Deus

A confissão e arrependi-mento nos santifica

Somos santos lutando contra o pecado

Líder: Se tiver dificuldade em explicar aquilo que está na introdução, pule e comece no texto de Tiago. Não pregue aquilo que você não está vivendo. Não pense que este estudo serve "apenas" para seus discípulos. Serve para você também. Serve para todos. Então, primeiramente, ministre este estudo para você mesmo. Medite sobre cada passagem. Este é um estudo complexo, está organizado dessa forma: espírito, alma, corpo, cinco sentidos, família, trabalho e ministério. Assim como Naamã precisou mergulhar sete vezes no rio Jordão para ser curado da lepra (2Rs. 5:14), nós também precisamos mergulhar várias vezes no Espírito para sermos transformados. Estes estudos irão orientar os "mergulhos" no Espírito. Não pregue na sua célula, ministre sobre ela! Dispense a graça e o poder de Deus que está em você sobre seus discípulos. Você é condutor da glória de Deus! A cada estudo ou item, declare: "Senhor, transforma meu/minha ...". Ao final de cada estudo/item, declare (e faça seus discípulos declararem): "Eu determino, não emprestarei meu/minha ... para Satanás!". Unja-os com óleo, declare palavras proféticas, quebrante-os no poder do Espírito Santo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.