Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Transforma-me Senhor Jesus! – Transforme meus sentidos


Este é um estudo de célula que preparei para minha igreja.
Texto-base: 1Ts. 5:23

Uma série de ministrações sobre Transformação!

Transforma-me Senhor Jesus! Transforme meu corpo!



Transforma-me Senhor Jesus! – Transforme meu espírito!



Abertura: Basta de melhorias e remendos! Precisamos de uma reforma completa, ampla, total, irrestrita e profunda! Deus quer transformar nosso corpo, alma e espírito, ou seja, tudo! É o desejo Dele, mas também, temos nossa responsabilidade conforme 1Co. 3:9, nós somos cooperadores de Deus. Hoje vamos detalhar a seguinte área da nossa vida que deve ser transformada: nossos cinco sentidos.

Introdução: Percebemos o mundo através dos nossos órgãos dos sentidos: visão (ver), audição (ouvir), paladar (gosto na boca), olfato (cheirar) e tato (através da pele). Através desses cinco sentidos, o mundo físico é percebido pelo nosso corpo. Alguns animais apresentam sentidos mais desenvolvidos ou diferentes: cachorro (cheira e ouve melhor que nós), tubarão (sente o “cheiro” do sangue na água a quilômetros de distância) e as cobras (que conseguem “ver” o calor da sua presa). Até mesmo as plantas sentem o ambiente.

Mundo Físico X Mundo Espiritual: Deus nos criou com estes sentidos, com esta capacidade de perceber, sentir o ambiente. Quando aceitamos Jesus como nosso único e suficiente Salvador e Senhor, o mundo espiritual tornou-se perceptível a nós (que é percebido). Nossos espíritos estavam mortos, mas, foram transformados em guerreiros adoradores do Deus vivo. Somos guerreiros e também adoradores. A batalha é espiritual (Ef. 6.12 – a guerra é espiritual; 2Co10.3 e 4 – as nossas armas são espirituais). A adoração é espiritual (Jo. 4.23 e 24). Temos que entender a relação entre o mundo físico e o mundo espiritual. As relações entre estes dois mundos são importantes e claramente perceptíveis. O mundo físico influencia o espiritual e vice-versa (Mt. 18.18-20). Sou corpo (carne), mas o que faço, falo, ouço, toco e vejo por meio do corpo, influencia o meu espírito. Sou espírito, e o que faço quando oro, louvo e adoro, influencia meu corpo.

Guerreiros Adoradores: As armas da nossa milícia (esquadrão de batalha) são espirituais (2Co. 10.3 e 4). Tenho que saber quais são estas armas, tenho que conhecê-las, tenho que praticar, tenho que saber manuseá-las. A batalha ocorre no mundo espiritual (Ef. 6:12), tenho que saber onde o meu pelotão está! Onde ele se reúne, onde está o general, ouvir a voz de comando para a batalha. Eu consigo estas coisas através da transformação dos meus sentidos. Com os órgãos dos sentidos eu percebo o mundo físico. Mas, e no mundo espiritual? Como eu o percebo?

Três tipos de homens: Em 1Co. 2.14-3.1, vemos os três tipos de homens: Homem natural – que não aceitou Jesus e que não discerne o mundo espiritual (Jn. 4.11). Só conseguem discernir alguma coisa no mundo espiritual se os demônios proporcionarem isto a ele; Homem carnal – que aceitou Jesus, mas que não desenvolve-se na vida cristã, para sempre um bebê espiritual, não discerne espiritualmente ou discerne tudo errado. É o guerreiro cego, surdo, mudo e paralítico.; Homem espiritual – que aceitou Jesus e é movido pelo Espírito Santo, discerne bem todas as coisas. Temos que pedir a Jesus discernimento espiritual como Salomão pediu (1Rs. 3.9).

Discernir o bem e o mal: é entender, compreender, perceber o que está por trás das coisas. É ver o núcleo, o centro de algo. Cerne é o núcleo ou miolo de alguma coisa. Dis-cernir é colocar para fora aquilo que está no miolo, no centro, no núcleo. Em Hb. 5.11-14 vemos o autor desta carta descrever o discernimento do bem e do mal. Nós temos que exercitar nossas capacidade para discernir o bem e o mal (vs. 14). Discernir aquilo que é bom é relativamente fácil (eu sei que é bom orara, é bom ir à igreja, é bom ler a Bíblia, etc.), mas e discernir o que é mal? Como reconhecer se tal decisão é ruim ou boa? Se é de Deus ou do diabo? Certas coisas parecem ser boas, mas, levam ao prejuízo espiritual. Atrasam nossas vidas, deixando-nos como crianças espirituais (vs. 12 e 13). Vamos pedir a Deus que transforme nossos sentidos espirituais, para sermos sensíveis a Ele.

Transforma-me Senhor Jesus, transforma meus sentidos, dá-me discernimento espiritual! Eu não emprestarei meus sentidos para satanás, não são ferramentas dele, mas sim, Oh Deus, tudo é Teu, portanto, para Te agradar, transforma...minha VISÃO – quero ver as coisas espirituais, quero ver com os olhos da fé. Quero ver as artimanhas de satanás contra minha vida e a de meus discípulos. Quero ver o Teu poder libertando a minha vida e as pessoas. Põe guardas em meus olhos para que eu não veja aquilo que desagrada a Ti, Espírito Santo! Transforma...minha AUDIÇÃO – quero ouvir as necessidades de meus discípulos, quero ouvir a Tua voz me chamando. Quero ouvir o clamor das nações por Ti Jesus. Meu Deus, quero que o Senhor coloque guardas em meus ouvidos para que eu não ouça aquilo que Te desagrada! Transforma...meu PALADAR – quero sentir prazer em alimentar-me da Tua Palavra, Oh Deus! Quero sentir o gosto amargo do pecado em cada atitude e pensamento que Te desagrada, Oh doce Espírito Santo. Quero sentir o gosto doce do Teu amor maravilhoso. Não quero mais sentir a saudade do gosto da minha vida de pecados do passado. Quero o leite e o mel da terra prometida. Transforma...meu OLFATO – quero sentir seu bom perfume, Oh Cristo! Quero que as pessoas a minha volta sintam este aroma. O aroma do Rei dos Reis através da minha vida. Pai, perdoa meus pecados, pois eles exalam um mau cheiro. Obrigado pelo perdão. Que minhas orações cheguem no céu como um aroma suave, como bom perfume. Transforma...meu TATO – quero ser sensível às coisas espirituais, quero perceber a situação, aquilo que está por trás de toda aparência de bondade, se o Senhor ou se o inimigo. Quero tocar nas borlas de Seu manto, meu bom Jesus. Em Teu nome, Amém!

Líder: A oração acima é apenas um modelo simples e singelo de oração. Faça a sua! Não pregue aquilo que você não está vivendo. Não pense que este estudo serve "apenas" para seus discípulos. Serve para você também. Serve para todos. Então, primeiramente, ministre este estudo para você mesmo. Medite sobre cada passagem. Este é um estudo complexo, está organizado dessa forma: espírito, alma, corpo, cinco sentidos, família, trabalho e ministério. Assim como Naamã precisou mergulhar sete vezes no rio Jordão para ser curado da lepra (2Rs. 5:14), nós também precisamos mergulhar várias vezes no Espírito para sermos transformados. Estes estudos irão orientar os "mergulhos" no Espírito. Não pregue na sua célula, ministre sobre ela! Dispense a graça e o poder de Deus que está em você sobre seus discípulos. Você é condutor da glória de Deus! Unja-os com óleo, declare palavras proféticas , quebrante-os no poder do Espírito Santo!

Um comentário:

  1. IRMAO,GOSTEI MUITO DESSE ESTUDO QUE DEUS CONTINUI TE ABENÇOADO,ESTAVA PROCURANDO UM ESTUDO PARA OS ADOLECENTES DA MINHA IGREJA,NAO TENHO ESPERIENCIA NA AREA,MAS TENHO VONTADE DE AJUDA-LOS,GRAÇAS A DEUS QUE EXISTE,PESSOAS COMO O SR PARA NOS AJUDAR,QUE DEUS TE ABENÇOE GRANDEMENTE.

    ResponderExcluir

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.