Pesquise em mais de 1800 postagens!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Declaração de Fé dos Batistas - Liberdade Religiosa

Declaração de Fé da Convenção Batista Sul dos EUA, aprovada em 14 de junho de 2000. Traduzida por mim, Gilson de Moura, em junho de 2007.

Acompanhe a Introdução para você entender tudo direitinho.

XVII. Liberdade Religiosa

Somente Deus é Senhor da consciência, e Ele tem deixado livre das doutrinas e dos mandamentos aos homens que são contrários à Sua Palavra. A igreja e o estado devem estar separados. O estado deve proteger e proporcionar completa liberdade religiosa a toda igreja no exercício de seus fins espirituais. Ao prover tal liberdade, nenhum grupo eclesiástico ou denominação deve ser favorecida pelo estado. Como o governo civil é ordenado por Deus, é dever dos cristãos render-lhe obediência leal em todas as coisas que não são contrárias a vontade revelada de Deus. A igreja não deve recorrer ao poder civil para realizar sua obra. O Evangelho de Cristo considera somente os meios espirituais para alcançar seus fins. O estado não tem direito de impor penalidades por opiniões religiosas de qualquer classe. O estado não tem direito de impor impostos para o sustento de nenhuma forma de religião. O ideal cristão é o de uma igreja livre em um estado livre, e isto implica no direito para todos os homens terem acesso livre e sem obstáculos a Deus., e o direito a formar e propagar opiniões na esfera da religião, sem interferência por parte do poder civil.

Gênesis 1.27; 2.7; Mateus 6.6-7,24; 16.26; 22.21; João 8.36; Atos 4.19-20; Romanos 6.1-2; 13.1-7; Gálatas 5.1,13; Filipenses 3.20; 1 Timóteo 2.1-2; Tiago 4.12; 1 Pedro 2.12-17; 3.11-17; 4.12.19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.