Pesquise em mais de 1800 postagens!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Declaração de Fé dos Batistas - A Família

Declaração de Fé da Convenção Batista Sul dos EUA, aprovada em 14 de junho de 2000. Traduzida por mim, Gilson de Moura, em junho de 2007.

Acompanhe a Introdução para você entender tudo direitinho.

XVIII. A Família

Deus tem ordenado a família como a instituição fundamental da sociedade humana. É composta por pessoas relacionadas uma com as outras pelo matrimônio, sangue ou adoção.
O matrimônio é a união de um homem com uma mulher em uma aliança de compromisso por toda a vida. É um dom único de Deus para revelar a união entre Cristo e a Sua Igreja para prover ao homem e para a mulher no matrimônio um companheirismo íntimo, o canal da expressão sexual de acordo com os padrões bíblicos, e os meios para a procriação da espécie humana.
O esposo e a esposa tem o mesmo valor diante de Deus, posto que ambos foram criados à imagem de Deus. A relação matrimonial é um modelo da forma como Deus se relaciona com Seu povo. Um esposo deve amar sua esposa como Cristo amou a igreja. Ele tem a responsabilidade dada por Deus de prover, proteger e dirigir sua família. Uma esposa deve submeter-se com graça à liderança de seu esposo, assim como a igreja se sujeita voluntariamente à direção de Cristo. Ela, sendo criada à imagem de Deus como seu marido, e, portanto, igual a ele, tem a responsabilidade dada por Deus de respeitar seu marido e servir-lhe de ajuda na administração do lar e educação da próxima geração.
Os filhos, desde o momento da concepção, são bênção e herança do Senhor. Os pais devem demonstrar aos seus filhos o modelo de Deus para o matrimônio. Os pais devem ensinar a seus filhos os valores espirituais e morais, e dirigí-los, mediante o exemplo de um estilo de vida consistente e uma disciplina amorosa, para que tomem decisões baseadas na verdade bíblica. Os filhos devem honrar e obedecer a seus pais.
Gênesis 1.26-28; 2.15-25; 3.1-20; Êxodo 20.12; Deuteronômio 6.4-9; Josué 24.15; 1 Samuel 1.26-28; Salmos 51.5; 78.1-8; 127; 128; 139.13-16; Provérbios 1.8; 5.15-20; 6.20-22; 12.4; 13.24; 14.1; 17.6; 18.22; 22.6,15; 23.13-14; 24.3: 29.15,17; 31.10-31; Eclesiastes 4.9-12; 9.9; Malaquias 2.14-16; Mateus 5.31-32; 18.2-5; 19.3-9; Marcos 10.6-12; Romanos 1.18-32; 1 Coríntios 7.1-16; Efésios 5.21-33; 6.1-4; Colossenses 3.18-21; 1 Timóteo 5.8,14; 2 Timóteo 1.3-5; Tito 2.3-5.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.