Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 30 de julho de 2007

'Bonecos cristãos' disputam público infantil nos EUA


Boneco de Moisés
Bonecos incluem Moisés com os Dez Mandamentos
O supermercado Wal Mart começará a vender a partir de agosto, nos Estados Unidos, bonecos infantis de conteúdo religioso.

As figuras feitas a partir da Bíblia, que incluem um Jesus de 30 cm e um Daniel de 8 cm na cova dos leões, terão seu espaço em 425 das 3,3 mil lojas do Wal Mart no país, especialmente no meio Oeste americano.

Os bonecos da linha Tales of Glory (Contos da Glória, em tradução livre) travarão uma verdadeira "batalha" contra algumas das figuras mais conhecidas das crianças, como o Homem Aranha e os Transformers. Mas os fabricantes estão otimistas.

"Se você for à seção de brinquedos de qualquer grande loja, vai ver brinquedos e bonecas que promovem e glorificam o mal, a destruição, a mentira, a trapaça", diz David Socha, fundador da One2believe, a companhia que fabrica os brinquedos.

"Na seção de bonecas, você vê bonecas que promovem a promiscuidade de garotas muito jovens. Bonecas com roupas reveladoras demais", ele acrescenta.

Para Socha, o que sua companhia oferece é algo "baseado na fé que não só é divertido para brincar, como também solidifica os meios espirituais (das pessoas)".

Produtos cristãos

A idéia da empresa é embarcar no que parece ser uma tendência nos Estados Unidos.

As vendas dos chamados produtos cristãos, que incluem livros, música, roupas e presentes, cresceram consistentemente e passaram de US$ 4 bilhões em 2000 para US$ 4,6 bilhões em 2006 (de cerca de R$ 8 bilhões para em torno de R$ 9,2 bilhões).

Segundo a Associação para o Varejo Cristão, parte deste crescimento se explica pelo 'boom' de livros cristãos, alguns escritos em resposta ao desconforto de alguns cristãos com o sucesso da série do bruxinho Harry Potter.

Boneco de Daniel e um leão
Venda de 'produtos cristãos' vêm crescendo nos EUA

De acordo com um estudo da consultoria Book Industry Study Group, a venda de livros religiosos subiu 5,6% em 2006.

Além disso, consumidores de obras cristãs gastam cerca de 50% a mais em livros do que outros compradores de livros nos Estados Unidos, revelou outro estudo.

Laurie Schacht, presidente da publicação The Toy Book, da indústria de brinquedos, acredita que os brinquedos com conteúdo religioso podem vender bem em seus nichos.

"Acho que será uma compra dos pais, mais que uma compra pelo que as crianças querem", ela afirmou.

"Mas há um mercado (para eles), e acho que o Wal Mart percebe isso e abre espaço para eles em sua prateleira."

quinta-feira, 26 de julho de 2007

O vômito de Deus - parte 4

O que é ser morno?

O morno não é frio nem quente. Tem características do frio e características do quente.
Por exemplo, um refrigerante a 20ºC é horrível de se beber, é muito quente. Um cafezinho a 20ºC também é horrível de se beber, é muito frio.
O padrão de quente e frio, e consequentemente o morno, é relativo. Na mesma temperatura, um cafezinho é frio e um refrigerante é quente.
20ºC pode ser frio ou quente dependendo da referência utilizada, não é?
20ºC derrete um sorvete e solidifica um foundue de chocolate.

Portanto, o conceito de frio, quente e morno depende do valor referencial, o padrão adotado.

No texto bíblico, Jesus está falando que o anjo da igreja é morno.


Continua....

O vômito de Deus - parte 3

Pode o Deus todo poderoso vomitar?

Sim, pode.

Está escrito em Apocalipse, na carta à igreja de Laodicéia, como vimos atrás.

Jesus vomitará os mornos. Quanto aos frios, Jesus nem vai vomitar porque simplesmente não estão "em" Jesus. Já estão perdidos mesmo. Em relação aos quentes, a esses Jesus os trará consigo.

Duas questões se levantam agora:
1ª - O que é ser morno?
2ª - O que é vomitar?

Vamos responder isso nos próximos tópicos.

(estou meio sem tempo, desculpem-me...)

segunda-feira, 16 de julho de 2007

O vômito de Deus - parte 2

Continuando...




Sardes (1500-1700) - reforma protestante. Observe o versículo 1: Sê vigilante, e confirma o restante, que estava para morrer... Como se dissesse para Lutero: "Confirme a Reforma, retire meu povo da igreja errada". Ainda no primeiro versículo: ...tens nome de que vives, e estás morto... . Os pesquisadores são unânimes em afirmar que Lutero saiu do catolicismo, mas, o catolicismo não saiu de Lutero. Observe o versículo2: ...porque não tenho achado as tuas obras perfeitas diante do meu Deus... .



Filadélfia (1700-1900) - grandes avivamentos e a expansão das missões modernas. Observe o versículo 8: Conheço as tuas obras (eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, que ninguém pode fechar), que tens pouca força, entretanto guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome; veja que as missões modernas (com Carey) começou na pobreza, sem o auxílio do estado!


Laodicéia (1900 - fim) - igrejas de nossos dias. Veja versículo 17: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu. Laodicéia era uma cidade muito rica, um entreposto bancário e não precisa da ajuda de Roma. Diziam não a Roma. A Igreja evangélica nunca foi tão rica, diz não a Deus. Não precisa do óleo do Espírito, age por estratégias humanas, e a apostasia toma conta da maioria das denominações. Existe uma profusão de denominações como nunca houve, evangélicos catolicistas, evangélicos espíritas, evangélicos umbandistas, evangélicos ecumenistas, etc. Jesus diz que está à porta, Ele não está dentro! Jesus diz: se alguém ouvir, muitos não estão ouvindo.



Esta dupla referência profética, a saber, Jesus escrevendo cartas para igrejas reais da Ásia Menor no século I e profeticamente referindo-se à história eclesiástica não é aceita por todos. Outros estudiosos dão outra interpretação, por exemplo, cada igreja citada representa um tipo de igreja real em todos os tempos. Ou seja, a igreja de Laodicéia representa um modelo de igreja. Exemplificando, existem igrejas como Filadélfia, como Tiatira e assim por diante.



Na verdade concordo com as duas interpretações deste trecho do Apocalipse. Mas, voltando na pergunta inicial:



Pode Deus vomitar?



continua....

O vômito de Deus - parte 1

Pode o Deus todo poderoso vomitar?



Sim. Está escrito na Bíblia Sagrada: Apocalipse 3:15, 16 - "Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca."



Os mornos serão vomitados, mas, antes, vamos explicar melhor.



A maioria dos evangélicos interpretam as igrejas da Ásia Menor (atualmente a Turquia) citadas no livro de Apocalipse como referências proféticas à história da igreja de Jesus. Acompanhe*:


Éfeso
(até o ano 100 d.C.) - período da igreja primitiva. Éfeso tornou-se o centro do cristianismo após a destruição de Jerusalém no ano 70. Esta cidade tornou-se centro irradiador do evangelismo e do ensino dos primeiros apóstolos.;


Esmirna (100-316) - período da igreja perseguida por Roma, observe o versículo 10: Não temas o que hás de padecer. Eis que o Diabo está para lançar alguns de vós na prisão, para que sejais provados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Observe o 11: Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. O que vencer, de modo algum sofrerá o dado da segunda morte. A primeira morte eles poderiam sofrer, mas, a segunda não!






Pérgamo (316-500) - período da igreja ligada ao estado. A palavra Pérgamo pode significar elevação ou casado. Representa a igreja ligada ao estado; veja o versículo 13: ...onde está o trono de Satanás... . Lembrem-se que o Império Romano foi profetizado por Daniel (7:7) como: ...animal terrível e espantoso...;Quem está dominando é satanás. Jesus aconselha no versículo 16: Arrepende-te, pois; ou se não, virei a ti em breve, e contra eles batalharei com a espada da minha boca... . Jesus batalhará por sua igreja.


Tiatira (500-1500) - ascensão do Catolicismo Romano. O Catolicismo Romano expandiu-se, dominando tudo: o estado, a cultura e a educação. Em nome de Jesus, fizeram barbaridades sem o consentimento de Jesus. Vários grupos se mantiveram fiéis, vivendo às escondidas, a igreja remanescente que, durante toda a Idade Média (era das trevas), permaneceram atentos à doutrina da igreja verdadeira. Observe os versículos 24 e 25: Digo-vos, porém, a vós os demais que estão em Tiatira, a todos quantos não têm esta doutrina, e não conhecem as chamadas profundezas de Satanás, que outra carga vos não porei; mas o que tendes, retende-o até que eu venha.


sexta-feira, 13 de julho de 2007

Glória a Deus !!! Alvos atingidos!!!

1000 acessos em dois meses!!!!



Toda glória sejam dadas ao Senhor Jesus Cristo!!



O Blog Missões e Adoração recebeu 1000 visitas em dois meses de vida!

Foram 35 artigos desde o dia 14 de maio de 2007.



Já recebemos visitantes dos EUA, Portugal, Alemanha, Grécia, Guiana Francesa, Japão, Inglaterra, Espanha, Holanda, África do Sul, Austrália, etc. Além dos brasileiros, é claro. Eles representam 85% dos internautas visistantes neste blog.



Obrigado a todos os que visitaram e ao Thiago, o único até agora a fazer comentário sobre uma postagem (Por amor aos católicos). Obrigado também ao Blogger!!! Um veículo para transmissão da Palavra de Deus.



Que Deus abençoe poderosamente cada pessoa. Eu declaro as bênçãos do Senhor sobre vocês e seus familiares. Que a paz, o amor, a alegria, a saúde e a prosperidade façam morada permanente em seus lares. O fogo do Espírito sobre vocês!







Muito obrigado!!!



Gilson

quarta-feira, 11 de julho de 2007

Você sabe o que acontece quando um norte coreano se converte?

Ele vai preso....



Segundo o site Portas Abertas, a Coréia do Norte é a primeira colocada no ranking de perseguição à Igreja.



A perseguição aos cristãos foi intensa durante o período de dominação japonesa, especialmente devido à pressão exercida pelos dominadores para a adoção do Xintoísmo como religião nacional.

Desde a instalação do regime comunista, a perseguição tem assumido várias formas. Em um primeiro momento, os cristãos que lutavam por liberdade política foram reprimidos. Depois, o governo tentou obter o apoio cristão ao regime, mas como não obteve êxito em sua tentativa, acabou por iniciar um esforço sistemático para exterminar o cristianismo do país.

Edifícios onde funcionavam igrejas foram confiscados e líderes cristãos receberam voz de prisão. Ao serem derrotados na Guerra da Coréia, soldados norte-coreanos em retirada freqüentemente massacravam cristãos com a finalidade de impedirem sua libertação. O governo norte-coreano exige o registro de todas as igrejas e de seus membros.





Estatísticas:





Coréia do Norte









• Capital: Pyongyang



• População: 24 milhões (60% urbana)

• Área: 120.538 km2



• Localização: Leste da Ásia



• Idioma: Coreano



• Religião: Sem filiação e ateísmo 70%, crenças tradicionais 25%, cristianismo 1,9%



• População Cristã: 450 mil, fatia da população em crescimento



• Perseguição: Severa, em crescimento



• Restrições: A conversão é passível de prisão e a evangelização é proibida. Líderes cristãos são freqüentemente detidos sob falsas acusações.



• No século XXI: O governo tanto poderá lançar uma nova onda de perseguição, quanto dar abertura para o ministério cristão.



Texto e Fotos extraídos do site Portas Abertas

segunda-feira, 9 de julho de 2007

Temos que lutar, afinal, somos aliens!

Leia a letra da música Sabor de Vitória, de Sérgio Leoto do vinil Louvor 6 do grupo Vencedores por Cristo, lançado na década de 80:



Toda vitória tem mais sabor

Quando há mais luta pra conseguir

Alvo à frente, disputa e dor

Ganha, quem resistir!



Vida com Deus, é luta irmão!

É ter que nadar contra a maré!

Obedecer o que Cristo diz,

Ser mais que vencedor



Em tudo atribulados

mas não angustiados

Ficamos perplexos,

Mas não desanimados



Podemos ser perseguidos,

Mas não desamparados,

Se Deus é fortaleza,

Sou mais que vencedor




Temos que lutar, avançar no poder do nome do Senhor Jesus Cristo.



Observe a foto abaixo:







Mesmo que pareça que somos do contra, que tudo e que todos estejam contra a gente, mesmo assim, temos que permanecer firmes.



Não somos deste mundo, somos de outro mundo, João 17:14 - Eu lhes dei a tua palavra; e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.



Portanto:

Por que vou me aliar com quem não acredita em Deus?

Por que darei ouvidos a quem contraria a vontade de Deus?

Por que me abalarei com as palavras de quem não crê que Jesus é o Cristo?

Por que esquecerei as palavras de meu pastor para atentar às palavras do mercenário?

Por que me envergonharei das coisas de Cristo por causa das coisas do mundo?
De maneira nenhuma!!!!!



2 Timóteo 1:12 - Por esta razão sofro também estas coisas, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia.

sábado, 7 de julho de 2007

Significados do temor a Deus 4

O mandamento geral de "temer ao Senhor" inclui uma variedade de aspectos do relacionamento entre o crente e Deus:

Temer a Deus significa reconhecer que Ele é um Deus que se ira contra o pecado e que tem poder para castigar a quem transgride suas justas leis, tanto no tempo como na eternidade (Sl 76.7,8 - Tu, sim, tu és tremendo; e quem subsistirá à tua vista, quando te irares? Desde o céu fizeste ouvir o teu juízo; a terra tremeu e se aquietou).

Quando Adão e Eva pecaram no jardim do Éden, tiveram medo e procuraram esconder-se da presença de Deus (Gn 3.8-10 - E, ouvindo a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim à tardinha, esconderam-se o homem e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim. Mas chamou o Senhor Deus ao homem, e perguntou-lhe: Onde estás? Respondeu-lhe o homem: Ouvi a tua voz no jardim e tive medo, porque estava nu; e escondi-me).

Moisés experimentou esse aspecto do temor de Deus quando passou quarenta dias e quarenta noites em oração, intercedendo pelos israelitas transgressores: "temi por causa da ira e do furor com que o SENHOR tanto estava irado contra vós, para vos destruir" (Dt 9.19).

Significados do temor a Deus 3

O mandamento geral de "temer ao Senhor" inclui uma variedade de aspectos do relacionamento entre o crente e Deus:

O verdadeiro temor de Deus leva o crente a crer e confiar exclusivamente nEle para a salvação. Por exemplo: depois que os israelitas atravessaram o mar Vermelho como em terra seca e viram a extrema destruição do exército egípcio, "temeu o povo ao SENHOR e creu no SENHOR" (Êx 14.31 ).

Semelhantemente, o salmista conclama a todos os que temem ao Senhor: "confiai no SENHOR; ele é vosso auxílio e vosso escudo" (Sl 115.11). Noutras palavras, o temor ao Senhor produz no povo de Deus esperança e confiança nEle.

Não é de admirar, pois, que tais pessoas se salvem (Sl 85.9 - Certamente que a sua salvação está perto aqueles que o temem, para que a glória habite em nossa terra) e desfrutem do amor perdoador de Deus, e da sua misericórdia (Lc 1.50 - E a sua misericórdia vai de geração em geração sobre os que o temem; cf. Sl 103.11 - Pois quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua benignidade para com os que o temem; 130.4 - Mas contigo está o perdão, para que sejas temido).

Significados do temor a Deus 2

O mandamento geral de "temer ao Senhor" inclui uma variedade de aspectos do relacionamento entre o crente e Deus:

Temer ao Senhor é considerá-lo com santo temor e reverência e honrá-lo como Deus, por causa da sua excelsa glória, santidade, majestade e poder (Fp 2.12 - De sorte que, meus amados, do modo como sempre obedecestes, não como na minha presença somente, mas muito mais agora na minha ausência, efetuai a vossa salvação com temor e tremor).

Quando, por exemplo, os israelitas no monte Sinai viram Deus manifestar-se através de "trovões e relâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte" o povo inteiro "estremeceu" (Êx 19.16) e implorou a Moisés que este falasse, ao invés de Deus (Êx 20.18,19; Dt 5.22-27).

Além disso, o salmista, na sua reflexão a respeito do Criador, declara explicitamente: "Tema toda a terra ao SENHOR; temam-no todos os moradores do mundo. Porque falou, e tudo se fez; mandou, e logo tudo apareceu" (Sl 33.8,9).

Significados do temor a Deus 1

O mandamento geral de "temer ao Senhor" inclui uma variedade de aspectos do relacionamento entre o crente e Deus:

É fundamental, no temor a Deus, reconhecer a sua santidade, justiça e retidão como complemento do seu amor e misericórdia, i.e., conhecê-lo e compreender plenamente quem Ele é (Pv 2.5 - então entenderás o temor do Senhor, e acharás o conhecimento de Deus).
Esse temor baseia-se no reconhecimento que Deus é um Deus santo, cuja natureza inerente o leva a condenar o pecado.