Pesquise em mais de 1800 postagens!

domingo, 16 de dezembro de 2007

Em Busca de Deus

Somente o coração sedento



Se há uma oração para o cristão que diz querer caminhar com Deus em intimidade e comunhão, é esta:



"Senhor, dá-me um coração sedento por Ti, dá-me um coração sedento."



"Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos." (Mateus 5:6)




De acordo com 1 Co 1:30, é ele mesmo que é esta bendita justiça que buscamos.



Aqueles que o buscam de todo coração o acharão, diz Jeremias 29:13. E esta é uma oração que você pode ter a absoluta certeza de que Deus quer responder: a oração de uma alma sedenta, que busca sua presença de todo coração. Não existe nenhum outro ponto de partida.






Um Coração Disposto



Há uma implicação nesta oração: a de que aquele que assim ora terá que aceitar quaisquer meios escolhidos por Deus para realizar esta mudança dinâmica. Ninguém poderá ditar ordens para Deus. Nós não podemos estabelecer limites para ele.



É inteiramente possível que os meios que Deus terá que usar para produzir em nós um coração que tenha fome dele não encaixem de forma alguma nas nossas previsões ou desejos.



É provável que ele tenha de separar-nos à força da falsa afeição pelas coisas deste mundo e do nosso amor-próprio traiçoeiro, que toma o lugar do amor por Deus, para o qual fomos criados e sem o qual jamais poderemos conhecer a satisfação interior pela qual nossos corações anseiam.



Além do mais, requererá de nós bem mais paciência do que estamos acostumados a exercer. Ele não se arriscaria em arrancar tudo a que nossos corações aprenderam erroneamente a se afeiçoar, para que em nosso estado de engano não aconteça de nos virarmos contra ele e o acusarmos traiçoeiramente de não nos amar, usando deste falso argumento como desculpa para abandonar nossa busca por Deus.






O Coração Deformado




De fato, sem um entendimento claro e reconhecimento da depravação de nosso coração humano, não continuaremos por muito tempo nessa busca de caminhar com Deus em intimidade e comunhão, que é o anseio de todo coração redimido.



Não apenas ficaremos impacientes e desistiremos disto, como também nos acharemos capazes de fazer em nós mesmos aquilo que somente Deus pode fazer. Nunca reconheceremos nossa total incapacidade de fazer uma única coisa que possa transformar nossas próprias vidas. Nunca enxergaremos que somente Deus, pela sua graça e misericórdia, é que pode fazer algo para nos mudar por fora através de mudar nosso interior, conformando nossos corações rebeldes de acordo com o seu próprio.



Sem uma visão clara do nosso interior, nunca teremos consciência suficiente da subversão da qual nossos corações são capazes, e é esta consciência que nos tornará capazes de instalar pelo Espírito meios de proteção contra esta subversão, que é capaz de nos trair e fazer cair nos mais perversos pecados... mesmo enquanto afirmamos estar buscando inteiramente a Deus.






Por Ron Marr extraído de "At Home in God".
Fonte: Arauto da Sua Vinda, ano 18, nº 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.