Pesquise em mais de 1800 postagens!

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Yesus, o Tarop Tim de Myao Kodon

Como pregar aos sawis que Jesus é o Filho de Deus?
Um povo que amava o traidor e desprezava o traído. Que comiam os traídos. Canibais poderiam receber Jesus? Entenderiam o que é isso?

Deus providenciou os meios para que o Evangelho fosse pregado a toda criatura.

Com os sawis não foi diferente.
Apesar do tuwi asonai man, do waness, do gefam ason e do aumamay, o povo também tinha o Tarop Tim!

Tarop timé a criança da paz. Duas tribos sawis rivais trocam crianças. Enquanto a criança da paz vivesse haveria paz. As crianças e os pais envolvidos trocavam de nome. De maneira nenhuma isso ocorria com tranqüilidade, havia muita tensão nas famílias, ninguém qeria se desfazer de seus filhos. Contudo, só o Tarop tim promovia a paz. Com as crianças vivas não poderia haver nenhuma forma de contenda entre as tribos. Cada membro da tribo passava pela tarop tim e colocava a mão sobre sua cabeça, dizendo com esse gesto que a aceitava como promotora da paz. Matar uma criança da paz era abominável. Matar alguém, roubar também se torna abominável durante a vida do tarop tim.

Don Richardson pôde ver a mão de Deus sobre os sawis com a cultura do Tarop Tim. Ele pregou aos sawis que Jesus é o verdadeiro tarop tim. Judas traiu o tarop tim de Myao Kodon (Deus, o Grande Espírito).

O povo sawi entendeu que Judas fez algo abominável. Judas não era mais o herói deles, mas, merecia o esquecimento.

O tarop tim promovia a paz enquanto vivesse. Era uma paz temporária.
Com Jesus era diferente. Ele é o Filho de Deus, vive eternamente. Se aceitarmos Jesus como nosso Tarop tim, sempre teremos paz.

O tarop tim foi a porta aberta. O ponto de contato de duas culturas completamente diferentes: a judaica e a sawi.

Deus é Deus!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.