Pesquise em mais de 1800 postagens!

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Rock, Rap, Samba & MPB - parte 1

Você que se converteu a partir dos anos 90 tem uma benção e não sabe.

É o louvor de hoje.

Para nós que nos convertemos nos anos 70, a história era outra.

Hoje, presenciar quase 200.000 pessoas de várias denominações em um estádio de futebol para a gravação de um CD.... Meu Deus! Que benção! Como Deus é maravilhoso e Seu mover é tremendo!

Você jovem crente, não faz idéia de como era o louvor nos anos 70. Praticamente todas as igrejas hoje têm bateria, guitarra, baixo elétrico, teclados, percussão, equipe de dançarinos, etc. Algumas até usam computadores para controlar toda a tecnologia dos instrumentos. As gargantas e pulmões são abençoados, como sempre foram!

Antes, porém, não era assim. Hoje, um pastor pode preparar o sermão, estudar o tema durante a semana, pesquisá-lo, etc. Quando sobe ao púlpito, o Espírito Santo muda tudo! O culto sai totalmente diferente do planejado, mas sai uma Benção.

Antes, repito, não era assim. A liturgia era engessada, retirada do texto do capítulo 6 do livro de Isaías. Na época havia unção sim! É claro! Mas, hoje a unção é diferente.

Na verdade, os cultos apresentavam a seguinte liturgia (com alguma pequena variação):
  • Oração; 
  • Leitura Bíblica (geralmente um salmo) 
  • Confissão Pessoal de Pecados; 
  • Hino (acompanhado por órgão ou harmônico); 
  • Avisos; 
  • Apresentação Musical (uma peça de coral, um solista, um quarteto, etc); 
  • Leitura Bíblica; 
  • Outro Hino; 
  • Entrega dos Dízimos e Ofertas; 
  • Ministração da Palavra (pregação); 
  • Benção Sacerdotal. 
Os hinos eram do Hinário Metodista, Harpa Cristã ou qualquer outro. Os instrumentos eram apenas o órgão ou o harmônio. Isto em 1978.

Esta história continua:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.