Pesquise em mais de 1800 postagens!

domingo, 5 de agosto de 2007

O mundo Sawi - parte 1

Vamos descrever quatro costumes do povo sawi da Indonésia. Eles vivem na Irian Jaya, porção à esquerda da Papua Nova Guiné. Don Richardson viveu vários anos entre eles com sua mulher e filhos. Veja um dos costumes que eles encontraram:

Aumamayé um estado físico em que a pessoa não responde a estímulos externos (algo como um coma, ou coisa do gênero). Para que os sawis tenham a certeza que a pessoa estava em aumamay, eles berram em seus ouvidos, tocam-lhe a pele com brasas do fogão. Se a pessoa não responde, nem dá sinal nenhum, eles simplesmente o consideram em aumamay. Ou seja, a sua alma o deixou, já pode ser sepultado. A pessoa é envolvida em uma esteira de capim e totalmente coberta. É amarrada com cipós no quadril (prendendo os braços), nas pernas e no pescoço. Então é colocada em uma urna funerária (um caixão de madeira) a dois ou três metros em uma plataforma também de madeira. E ali deixam o morto, no meio de sua praça até se decompor. Como a pessoa é enterrada viva, ela pode despertar de seu coma. Não consegue gritar por causa do cipós em sua garganta. Não consegue mover-se muito por causa das outras amarras. Mesmo que seja notado por alguém, essa pessoa não faria nada pelo "morto", pois ele está em um aumamay que está demorando um pouco mais que o normal.

Um comentário:

  1. É gostoso saber que ainda há desbravadores dos perdidos.
    Parabéns pela visão e continuem deixando marcas para eternidade; isto sim vale a pena.

    Vamos nos apressar para trazer O REI de volta.

    Deus continue abençoando suas vidas.

    Um abraço.

    Missionário Luiz Carlos.

    ResponderExcluir

Irmão ou amigo, faça seu comentário. Alguns comentários podem ser apagados..... Você tem liberdade de escrever o que quiser, porém, sua liberdade está condicionada ao senhorio de Jesus Cristo, às Santas Escrituras e aos objetivos do blog.